Busca avançada
Ano de início
Entree

O discurso dos técnicos de handebol de sucesso e a distribuição dos conteúdos na elaboração de um modelo de ensino-aprendizagem-treinamento da modalidade

Resumo

O handebol, assim como outros esportes coletivos, caracteriza-se por um cenário técnico-tático dinâmico e, por ser dependente das interações entre os jogadores da mesma equipe e entre adversários, apresenta-se de forma imprevisível e de alta complexidade. Inseridos nesse contexto os jogadores devem tomar suas decisões de forma contextualizada para que os objetivos relacionados às fases do jogo (ofensiva e defensiva) sejam contemplados. Diante das informações percebidas do ambiente de jogo, os jogadores recorrem ao seu repertório de possibilidades, alicerçado nas experiências anteriores e nos métodos de ensino aos quais foram submetidos, para que suas decisões não apresentem um comportamento estereotipado e, assim, previsível. A importância da opinião dos técnicos justifica-se e fundamenta-se por aspectos como a busca pela compreensão do processo de ensino-aprendizagem-treinamento (EAT, da iniciação ao alto nível de rendimento) e a busca por indicativos para a distribuição dos conteúdos ao longo desse processo. Sendo assim, o técnico apresenta um papel decisivo na busca de melhores resultados, no valor e nos significados atribuídos à competição e à formação dos jovens jogadores. Para tal, nos reportaremos às análises dos discursos de técnicos de handebol e à revisão da literatura específica da modalidade. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
RAFAEL POMBO MENEZES; NILO CÉSAR RAMOS; RENATO FRANCISCO RODRIGUES MARQUES; MYRIAN NUNOMURA. Teaching handball to U-16 and U-18 women’s teams: coaches’ perspective on the long-term. Motriz: rev. educ. fis., v. 24, n. 4, . (13/05854-8)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.