Busca avançada
Ano de início
Entree

Diagnóstico da síndrome da disfunção cognitiva em cães idosos após procedimento cirúrgico-anestésico

Processo: 13/05689-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2013 - 30 de junho de 2015
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:Silvia Renata Gaido Cortopassi
Beneficiário:Silvia Renata Gaido Cortopassi
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados: André Prato Schmidt ; Sabrina Zbóril
Assunto(s):Anestesia  Transtornos cognitivos  Proteínas S100  Período pós-operatório  Cães 

Resumo

O processo de envelhecimento acarreta alterações morfológicas, fisiológicas e bioquímicas ao sistema nervoso central, prejudicando muitas vezes as suas funções. O aumento da longevidade no último século ocasionou um acréscimo no número de idosos na população mundial, acarretando maior incidência de doenças ligadas ao envelhecimento patológico do cérebro. Os avanços tecnológicos e da medicina também ocasionaram aumento no número de idosos entre os animais de estimação. Tendo em vista que há um paralelo entre as alterações patológicas do sistema nervoso central em homens e cães idosos, os animais vêm sendo utilizados em estudos experimentais sobre doenças cognitivas no homem. A disfunção cognitiva ocorre por meio de alterações dos processos mentais de memória e percepção que auxiliam o indivíduo nos mecanismos de aprendizagem, sendo diagnosticado por meio de testes neuropsicológicos e da exclusão de outras doenças de base.Há décadas se observa que idosos submetidos a procedimento cirúrgico-anestésico apresentam disfunção cognitiva no pós-cirúrgico que pode se estender desde semanas até anos após o procedimento. Diversos estudos vêm sendo realizados a fim de estabelecer as causas desta disfunção. A duração da anestesia, o nível de educação, a utilização de benzodiazepínicos após procedimento e complicações respiratórias e cardíacas no pós-cirúrgico, seriam algumas das causas da disfunção cognitiva no pós-cirúrgico. Com o objetivo de auxiliar o diagnóstico precoce da disfunção cognitiva no pós-operatório nos seres humanos, tendo em vista que seu diagnóstico é realizado através da exclusão de outras doenças e por testes neuropsicológicos, marcadores neurobioquímico sanguíneos como enzima glicolítica enolase (NSE) e a proteína S100 beta vem sendo estudados a fim de detectar injurias ao sistema nervoso central A disfunção cognitiva em cães e gatos é uma afecção comum no animal idoso, mas vem sendo subestimada. Seu diagnóstico é realizado indiretamente com auxílio da aplicação de questionários assim como pela avaliação clínica completa Visto que há paralelos entre os processos patológicos envolvendo cães e o homem idoso com disfunção cognitiva, estima-se que os cães também apresentem a disfunção cognitiva após o procedimento anestésico-cirúrgico, como observado no homem. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ZBORIL, SABRINA; SCHMIDT, ANDRE P.; OSES, JEAN P.; WIENER, CAROLINA D.; PORTELA, V, LUIS; SOUZA, DIOGO O.; AULER JUNIOR, JOSE O. C.; CARMONA, MARIA J. C.; FUGITA, MARIANA S.; FLOR, PATRICIA B.; CORTOPASSI, SILVIA R. G. S100B protein and neuron-specific enolase as predictors of postoperative cognitive dysfunction in aged dogs: a case-control study. VETERINARY ANAESTHESIA AND ANALGESIA, v. 47, n. 6, p. 740-747, NOV 2020. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.