Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de metodologia eficaz, simples e adaptada ao clima brasileiro para controle de época de florescimento e eficiência de indução da orquídea Phalaenopsis

Processo: 04/14666-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de outubro de 2005 - 31 de julho de 2009
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia
Pesquisador responsável:Linda Lin Lee
Beneficiário:Linda Lin Lee
Empresa:Agro Lab Plants Ltda. - ME
Município: Araras
Bolsa(s) vinculada(s):05/56207-6 - Desenvolvimento de metodologia eficaz, simples e adaptada ao clima brasileiro para controle de época de florescimento e eficiência de indução da orquídea Phalaenopsis, BP.PIPE
Assunto(s):Orquídea 

Resumo

A floricultura representa uma atividade agrícola de importância social para o desenvolvimento do meio rural e seus moradores, pois permite a geração de empregos em uma média dez vezes maior que em outras áreas da agricultura como as grandes culturas. Essa área tem mantido um índice de crescimento anual no mercado de aproximadamente 25% nos últimos anos e a tendência é que essa participação aumente cada vez mais com a abertura do mercado externo e aumento do consumo interno de flores e plantas ornamentais. Dentre as plantas ornamentais mais importantes em produção atualmente, tanto mundial como nacionalmente, está a orquídea Phalaenopsis, que devido às suas características de cultivo e longa durabilidade das flores, vem se tornando a mais relevante orquídea de vaso a ser cultivada e comercializada. Essa orquídea, para que atinja os padrões de qualidade exigidos no mercado, necessita da utilização de ambientes climatizados com a aplicação de alta tecnologia e técnicas minuciosas de cultivo, além da utilização de mudas de boa qualidade. Essa planta floresce naturalmente uma vez por ano, no período após o inverno. Um dos maiores desafios dos produtores comerciais dessas plantas é a capacidade de produção de flores durante todo o ano, de uma forma uniforme e com boa qualidade. Dessa forma, seria possível o fornecimento constante de plantas para o mercado, haveria a possibilidade de contratos com datas de entrega pré-definidos e uma estabilidade e eficiência maiores na comercialização com um retomo maior para o produtor, possibilitando a continuidade dos investimentos, a expansão de seu cultivo e a geração de mais empregos. Muitos trabalhos realizados no exterior, principalmente em Taiwan, Europa e Estados Unidos da América apontam para algumas formas de controlar a indução do florescimento das orquídeas Phalaenopsis através de vários fatores que podem influenciar a indução de florescimento dessa planta. No entanto, esses dados são específicos para os locais onde os experimentos foram realizados e a sua utilização nas regiões produtoras do Brasil tem sido extremamente onerosa e a qualidade das plantas e a eficiência da indução não satisfatórias. Muitos produtores se utilizam da técnica de transportar as plantas para locais mais frios pelo período de indução e depois transportá-Ias de volta às propriedades principais para o desenvolvimento das flores. Essa técnica resulta em florações de baixa qualidade, a necessidade de manter duas propriedades e grandes perdas durante o transporte e o manuseio das plantas. Propõe-se com este trabalho, realizar experimentos para determinar quais os fatores que possuem maior influência na indução do florescimento das orquídeas Phalaenopsis nas condições climáticas do Brasil. Isso permitirá estabelecer um protocolo para o controle dessa indução de forma eficiente e economicamente viável para a realidade dos produtores brasileiros. Será possível ainda o controle da produção, permitindo um planejamento de cultivo e comercialização das plantas e desse modo o produtor poderá ter uma renda mensal viável para aumentar os investimentos e gerar mais empregos e desenvolvimento ao meio rural (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)