Busca avançada
Ano de início
Entree

Gotas lipídicas intracitoplasmáticas em tumores de glândulas salivares: estudo imunohistoquímico

Resumo

Todas as células são capazes de armazenar lipídios em estruturas intracelulares, dinâmicas e multifuncionais, denominadas gotas lipídicas (GLs). Estruturalmente observa-se um centro lipídico coberto por fosfolípides e diversas proteínas, sendo adipophilin, a principal delas. O aumento da lipogênese, fenômeno importante para a independência tumoral, tem sido observado em varios carcinomas humanos, como o de cólon, renal, hepático, entre outros. Nestes, o perfil lipogênico evidenciado pelo acúmulo de GLs citoplasmáticas tem sido associado com fenótipo tumoral e comportamento biológico. Em alguns carcinomas de glândulas salivares com diferenciação sebácea, como carcinoma sebáceo e linfadenocarcinoma sebáceo, os depósitos lipídicos já são conhecidos. No entanto, mesmo na ausência de diferenciação sebácea, GLs já foram detectadas em outros tumores salivares, como o carcinoma de células acinares. Historicamente, a identificação de lipídeos intracelulares era viável somente através do uso de material fresco e estudos ultraestruturais. Entretanto, atualmente, a principal proteína da cobertura das GLs, a adipophilin, pode ser detectada em material parafinado, através de imunohistoquímica. Portanto, o objetivo deste estudo é avaliar a imunoexpressão de adipophilin em diferentes subtipos histológicos de carcinomas de glândulas salivares, com a finalidade de analizar a frequência de GLs citoplasmáticas e sua possível associação com morfologia tumoral, grau de diferenciação e proliferação celular. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MARIANO, FERNANDA VIVIANE; DOS SANTOS, HARIM TAVARES; DELGADO AZANERO, WILSON; DA CUNHA, ISABELA WERNECK; COUTINHO-CAMILO, CLAUDIA MALHEIROS; DE ALMEIDA, OSLEI PAES; KOWALSKI, LUIZ PAULO; ALTEMANI, ALBINA. Mammary analogue secretory carcinoma of salivary glands is a lipid-rich tumour, and adipophilin can be valuable in its identification. Histopathology, v. 63, n. 4, p. 558-567, OCT 2013. Citações Web of Science: 29.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.