Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência da suplementação de tomate e licopeno na remodelação cardíaca após infarto agudo do miocárdio

Processo: 12/17414-0
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2013 - 28 de fevereiro de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Marcos Ferreira Minicucci
Beneficiário:Marcos Ferreira Minicucci
Instituição Sede: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Pesquisadores associados:Leonardo Antonio Mamede Zornoff ; Paula Schmidt Azevedo Gaiolla ; Sergio Alberto Rupp de Paiva
Assunto(s):Cardiologia  Cardiopatias  Infarto do miocárdio  Insuficiência cardíaca  Remodelação ventricular  Licopeno  Tomate  Estresse oxidativo  MicroRNAs 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Insuficiência Cardíaca | Cadiologia

Resumo

As doenças cardiovasculares são as principais causas de morte no mundo e estima-se que, em 2030, elas serão responsáveis por aproximadamente 23,6 milhões de óbitos. Dentre as doenças cardiovasculares, podemos destacar as síndromes coronarianas agudas, principalmente o infarto agudo do miocárdio (IAM). A insuficiência cardíaca é uma frequente complicação após o IAM e diversos fatores influenciam o seu desenvolvimento, sendo que a remodelação cardíaca apresenta papel de destaque nesse cenário. O aumento do estresse oxidativo e do processo inflamatório estão associados com a remodelação cardíaca após o IAM. Devido ao grande impacto sócio econômico e às altas taxas de mortalidade, torna-se relevante a identificação de outros fatores que modulem o processo de remodelação cardíaca. Entre esses fatores destacam-se a suplementação de alimentos com propriedades antioxidantes, como o tomate (Lycopersiconesculentum), e um de seus principais constituintes, o licopeno. No entanto, a influência do tomate e do licopeno na remodelação cardíaca após o IAM ainda não foi estudada. Nosso objetivo é avaliar a influência da suplementação de tomate e licopeno na remodelação cardíaca após infarto agudo do miocárdio, em relação às variáveis morfológicas e funcionais, ao estresse oxidativo, processo inflamatório e microRNAs. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PEREIRA, BRUNA L. B.; ARRUDA, FERNANDA C. O.; REIS, PATRICIA P.; FELIX, TAINARA F.; SANTOS, PRISCILA P.; RAFACHO, BRUNA P.; GONCALVES, ANDREA F.; CLARO, RENAN T.; AZEVEDO, PAULA S.; POLEGATO, BERTHA F.; et al. Tomato (Lycopersicon esculentum) Supplementation Induces Changes in Cardiac miRNA Expression, Reduces Oxidative Stress and Left Ventricular Mass, and Improves Diastolic Function. NUTRIENTS, v. 7, n. 11, p. 9640-9649, . (12/16471-0, 12/17414-0)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.