Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo imunoistoquimico quantitativo com marcador de triptase de mastocitos no diagnostico da esofagite eosinofilica.

Processo: 12/50416-6
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de agosto de 2012 - 31 de julho de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Elizete Aparecida Lomazi
Beneficiário:Elizete Aparecida Lomazi
Instituição Sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Imuno-histoquímica  Esofagite eosinofílica  Mastócitos  Eosinófilos 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Eosinofilos | Esofagite De Refluxo | Esofagite Eosinofilica | Imunoistoquimica | Mastocitos | Triptase

Resumo

Os mastócitos parecem contribuir para a patogênese da esofagite eosinofílica, porém seu papei no diagnóstico histológico ainda é desconhecido. O objetivo deste estudo é determinar se a análise quantitativa destas células através de estudo imunoistoquímico com tríptase de mastócitos em tecido esofágico auxilia no diagnóstico diferencial entre esofagite eosinofílica (EE) e esofagite de refluxo (ER). Estudo retrospectivo e comparativo entre pacientes (adultos e crianças) diagnosticados com EE de acordo com guidelines atuais e pacientes com ER, acompanhados nos serviços de endoscopia digestiva alta do Gastrocentro- UNICAMP e no Centro Médico de Campinas. O material corresponde a biópsias de esôfago que contenham, pelo menos, um eosinófilo por campo de maior aumento (campo de 400x). Serão realizadas as contagens de eosinófilos (na coloração de H-E) e de mastócitos através de imunoistoquímica com triptase de mastócitos, em todos os campos examinados. Os resultados serão comparados entre os dois grupos de pacientes e correlacionados com o número e tamanho dos fragmentos analisados, assim como com sua topografia. A comparação das variáveis contínuas entre os grupos será feita por meio do teste não paramétrico de Mann-Whitney. A existência (e o grau) de correlação entre os valores de eosinófilos e de mastócitos triptase (+) nas amostras histológicas será feita utilizando-se o teste de correlação de Spearman. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ELIZETE APARECIDA LOMAZI; NELSON ARY BRANDALISE; MARIA DE FÁTIMA PIMENTA CORREA SERVIDONI; SILVIA REGINA CARDOSO; LUCIANA RODRIGUES MEIRELLES. MAST CELLS DISTINGUISH EOSINOPHILIC ESOPHAGITIS IN PEDIATRIC PATIENTS. Arq. Gastroenterol., n. ahead, p. 0-0, . (12/50416-6)
ELIZETE APARECIDA LOMAZI; NELSON ARY BRANDALISE; MARIA DE FÁTIMA PIMENTA CORREA SERVIDONI; SILVIA REGINA CARDOSO; LUCIANA RODRIGUES MEIRELLES. Mastócitos discriminam esofagite eosinofílica em pacientes pediátricos. Arq. Gastroenterol., v. 54, n. 3, p. 192-196, . (12/50416-6)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.