Busca avançada
Ano de início
Entree

Interdiscurso e identidade (língua materna e língua estrangeira)

Resumo

Tomando por base teorias da análise do discurso, vertente que assume a materialidade linguística, isto é, o texto como manifestação pontual e aparentemente homogênea de um processo discursivo constitutivamente heterogêneo, ancorado num dado momento histórico-social, este projeto parte do pressuposto de que o discurso de professor e de aluno é atravessado pelo discurso da mídia, da ciência e dos livros didáticos, que, enquanto parte do discurso didático-pedagógico, resulta também do entrecruzamento de outros discursos e de outros textos dentre os quais o científico, o político, o publicitário, o jornalístico-informativo, o da mídia televisiva, o da globalização. Pretende-se, assim, analisar a heterogeneidade do discurso de professor e aluno que aponta para a sua constituição identitária como algo complexo, lugar de conflitos e contradições e, assim, contribuir para uma reflexão sobre a formação do professor de língua materna e estrangeira, bem como para a compreensão do que significa falar (conhecer ou saber) uma ou mais línguas. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)