Busca avançada
Ano de início
Entree

Sintomas músculo-esqueléticos, autonomia e qualidade de vida na população de Bauru, São Paulo

Resumo

O objetivo geral será contribuir para a melhoria da qualidade de vida de adultos de 20 anos e mais residentes na cidade de Bauru, São Paulo, estudando a importância dos sintomas músculo-esqueléticos e sua associação com a autonomia e a qualidade de vida relacionada à saúde. Será realizado um inquérito em população de indivíduos definidos por grupos de idade e sexo (20 a 35 anos masculinos; 20 a 35 anos femininos; 36 a 59 anos masculinos; 36 a 59 anos femininos; 60 anos ou mais masculinos e 60 anos ou mais femininos). A amostragem será complexa em dois estágios, sendo que o tamanho amostral para cada grupo será de, no mínimo 200 indivíduos (100 do sexo masculino e 100 do feminino), totalizando 600 participantes residentes na zona urbana da cidade de Bauru, São Paulo. O tamanho amostral foi calculado para prevalência desconhecida, isto é, 0,50. Para a coleta de dados serão realizadas entrevistas, nos domicílios, utilizando os seguintes instrumentos: 1. Caracterização dos Participantes (aspectos demográficos; sócio-econômicos; caracterização do trabalho; estilo de vida; morbidade referida, flexibilidade e antropométricas); 2. Sintomas Músculo-esqueléticos por meio do questionário nórdico - Nordic questionnaire for the analysis of muscoloskeletal symptoms.; 3. Qualidade de Vida, utilizando o questionário Medical Outcomes Study 36 - Item Short-Form Health Survey (SF-36); 4. Atividades de Vida Diária e Atividades Instrumentais de Vida Diária. A associação entre os sintomas músculo-esqueléticos (ME) e as variáveis demográficas, socioeconômicas, estilo de vida, do trabalho e de morbidade referida, flexibilidade e antropométricas e a associação entre sintomas músculo-esqueléticos e autonomia com o escore total obtido pelo SF-36 serão testadas através da razão das prevalências e posteriormente através de modelos de regressão logística. Em todos os testes será considerado o nível de significância de 5%. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
NICOLY MACHADO MACIEL; MARTA HELENA SOUZA DE CONTI; SANDRA FIORELLI ALMEIDA PENTEADO SIMEÃO; JOSÉ EDUARDO CORRENTE; TANIA RUIZ; ALBERTO DE VITTA. Morbidades referidas e qualidade de vida: estudo de base populacional. Fisioter. Pesqui., v. 23, n. 1, p. 91-97, . (11/20123-4)
NATHALIA CRISTINE FRAGA; NICOLY MACHADO MACIEL; CAIO VITOR DOS SANTOS GENEBRA; JOSÉ PAULO CANDIDO; THIAGO PAULO FRASCARELI BENTO; GUILHERME PORFÍRIO CORNELIO; RANGEL DAL BELLO BIANCON; ALBERTO DE VITTA. Padrão de atividade física em adultos: prevalência e fatores associados. Cad. saúde colet., v. 26, n. 3, p. 270-277, . (11/20123-4)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.