Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da participação do parasita Trypanosoma cruzi na liberação das armadilhas extracelulares dos neutrófilos (NETs)

Processo: 12/01522-8
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de maio de 2012 - 30 de abril de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Celular
Pesquisador responsável:Karina Alves de Toledo
Beneficiário:Karina Alves de Toledo
Instituição Sede: Faculdade de Ciências e Letras (FCL-ASSIS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Assis. Assis , SP, Brasil
Pesquisadores associados:Fátima Pereira de Souza ; Marcelo Fábio Gouveia Nogueira ; Phileno Pinge Filho
Bolsa(s) vinculada(s):13/16482-4 - ESTUDO DA PARTICIPAÇÃO DO PARASITA TRYPANOSOMA CRUZI NA LIBERAÇÃO DAS ARMADILHAS EXTRACELULARES DOS NEUTRÓFILOS (NETs), BP.TT
Assunto(s):Imunidade inata  Infecções por protozoários  Doença de Chagas  Trypanosoma cruzi  Neutrófilos  Inflamação  Antígenos de histocompatibilidade classe II  Resposta inflamatória 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:imunidade inata | Inflamação | neutrófilos | Trypanosoma cruzi | Imunidade Inata

Resumo

Doenças desencadeadas por protozoários consistem em grave problema de saúde pública, principalmente devido ao alto índice relativo de mortalidade associado a elas. A Doença de Chagas descrita, pela primeira vez em 1909, por Carlos Chagas e cujo agente etiológico é o Trypanosoma cruzi, pode apresentar manifestações fatais, incluindo inflamação do miocárdio, das meninges e regiões do cérebro. Atualmente, o controle da replicação deste parasita, auxiliado ou não por tratamentos medicamentosos, envolve resposta imunológica intensa e persistente e nela estão incluídas células da imunidade inata como monócitos, eosinófilos e neutrófilos. Um novo paradigma na imunidade inata foi recentemente descrito no qual, neutrófilos liberam seu DNA em resposta ao estímulo infeccioso. A formação destas armadilhas extracelures, denominadas NETs (neutrophil extracellular traps) é um processo ativo, distinto da apoptose e da necrose e envolve resposta imune proinflamatória e antimicrobiana. As NETs rapidamente capturam e matam diversos patógenos, dentre eles bactérias, fungos e os parasitas Leishmania sp e, recentemente, Toxoplasma gondii contribuindo assim para o controle da replicação e a eliminação destes microorganismos pelo hospedeiro. O presente projeto tem como objetivo central investigar se durante a infecção por T. cruzi, neutrófilos do hospedeiro são estimulados a formar e liberar as NETs. O estudo pretende ainda responder questões sobre a eficiência das NETs no controle da parasitemia do T. cruzi, além de direcionar a identificação de possíveis moléculas do parasita envolvidas na indução das NETs. Para tanto, serão empregadas diferentes técnicas de microscopia, citometria de fluxo, eletroforese, cromatografias, espectrofotometria e ensaios in vivo. A execução deste projeto poderá auxiliar no desenvolvimento de novas estratégias no controle da resposta inflamatória durante a infecção por T. cruzi com o objetivo de controlar a carga parasitária e conseqüentemente a patogenia associada a ela. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SOUSA-ROCHA, DANIEL; THOMAZ-TOBIAS, MARIANA; ALVES DINIZ, LARISSA FIGUEIREDO; SAMPAIO SOUZA, PRISCILA SILVA; PINGE-FILHO, PHILENO; TOLEDO, KARINA ALVES. Trypanosoma cruzi and Its Soluble Antigens Induce NET Release by Stimulating Toll-Like Receptors. PLoS One, v. 10, n. 10, . (12/01522-8)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.