Busca avançada
Ano de início
Entree

Neurogênese e plasticidade sináptica no hipocampo de ratos submetidos à separação maternal e ao ambiente enriquecido

Processo: 11/10753-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2012 - 31 de janeiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Citologia e Biologia Celular
Pesquisador responsável:Jorge Eduardo Moreira
Beneficiário:Jorge Eduardo Moreira
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Pesq. associados: Alberto Antonio Rasia Filho ; Janaína Brusco ; José Inácio Lemos Monteiro Carvalho ; Lenaldo Branco Rocha ; Marcos Antonio Rossi ; Suelen Merlo
Assunto(s):Neurogênese  Apoptose  Glucocorticoides 

Resumo

A separação maternal, considerada por alguns autores como modelo animal de depressão e de estresse pós-natal, promove diversas alterações comportamentais e encefálicas. Animais submetidos à separação maternal apresentam, quando adultos, resposta exacerbada do eixo hipotálamo-hipófise-adrenal ao estresse, redução na neurogênese hipocampal e diminuição na densidade de espinhos dendríticos em diversas regiões encefálicas. O ambiente enriquecido parece aumentar a neurogênese no giro denteado do hipocampo, podendo possuir efeitos benéficos sobre os distúrbios comportamentais. Diante disso, o presente projeto propõe investigar a hipótese de que o ambiente enriquecido pode atenuar algumas alterações cerebrais promovidas pela separação maternal. Ratas prenhas serão acompanhadas durante sua gestação, os filhotes serão diariamente isolados, do 1º ao 14º dia pós-natal, durante 3 horas por dia. Ao completarem 21 dias de idade os animais serão submetidos ao ambiente enriquecido, o qual consiste em interação social, atividade física e aumento das oportunidades de aprendizado. Os hipocampos de animais adolescentes ou adultos jovens serão analisados quanto à neurogênese e apoptose, número e morfologia de espinhos dendríticos no giro denteado do hipocampo dorsal e ventral, bem como quanto à expressão proteínas e RNA mensageiro para receptores de glicocorticóides. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas (4)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DALPIAN, FRANCINE; BRUSCO, JANAINA; CALCAGNOTTO, MARIA ELISA; MOREIRA, JORGE E.; RASIA-FILHO, ALBERTO A. Distribution of glutamate receptors in the posterodorsal medial amygdala of adult male rats. HISTOLOGY AND HISTOPATHOLOGY, v. 30, n. 11, p. 1303-1311, NOV 2015. Citações Web of Science: 6.
BRUSCO, JANAINA; MERLO, SUELEN; IKEDA, ERIKA T.; PETRALIA, RONALD S.; KACHAR, BECHARA; RASIA-FILHO, ALBERTO A.; MOREIRA, JORGE E. Inhibitory and Multisynaptic Spines, and Hemispherical Synaptic Specialization in the Posterodorsal Medial Amygdala of Male and Female Rats. JOURNAL OF COMPARATIVE NEUROLOGY, v. 522, n. 9, p. 2075-2088, JUN 15 2014. Citações Web of Science: 17.
DALL'OGLIO, ALINE; XAVIER, LEDER L.; HILBIG, ARLETE; FERME, DENISE; MOREIRA, JORGE E.; ACHAVAL, MATILDE; RASIA-FILHO, ALBERTO A. Cellular components of the human medial amygdaloid nucleus. JOURNAL OF COMPARATIVE NEUROLOGY, v. 521, n. 3, p. 589-611, FEB 15 2013. Citações Web of Science: 9.
RASIA-FILHO, ALBERTO A.; DALPIAN, FRANCINE; MENEZES, ITIANA C.; BRUSCO, JANAINA; MOREIRA, JORGE E.; COHEN, ROCHELLE S. Dendritic spines of the medial amygdala: plasticity, density, shape, and subcellular modulation by sex steroids. HISTOLOGY AND HISTOPATHOLOGY, v. 27, n. 8, p. 985-1011, AUG 2012. Citações Web of Science: 26.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.