Busca avançada
Ano de início
Entree

Diferentes taxas de infusão de tramadol na analgesia trans e pós-operatória imediata de cães submetidos à osteossíntese

Processo: 11/03535-7
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2011 - 31 de agosto de 2013
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:Valéria Nobre Leal de Souza Oliva
Beneficiário:Valéria Nobre Leal de Souza Oliva
Instituição Sede: Faculdade de Medicina Veterinária (FMVA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araçatuba. Araçatuba , SP, Brasil
Pesquisadores associados:Thais Mayara Menegheti
Assunto(s):Anestesiologia veterinária 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Analgesia | cão | Cirurgia ortopédica | Dor | Opióide | tramadol | Anestesiologia Veterinária

Resumo

A analgesia multimodal é cada vez mais empregada em medicina veterinária e o tramadol, um analgésico opióide de ação central, tem demonstrado efetividade no controle da dor moderada a severa. O presente trabalho tem como objetivo determinar a dose e a taxa de infusão de tramadol, visando a analgesia trans e pós operatória imediata, bem como observar as possíveis alterações cardiovasculares e respiratórias, verificar a concentração sérica resultante da infusão contínua em três diferentes taxas de tramadol, determinar a concentração plasmática mínima de tramadol necessária para fornecer analgesia trans e pós operatória e avaliar o período e grau de analgesia pós operatória residual. Serão utilizados 30 cães distribuídos em três grupos, que receberão um bolus de tramadol (2mg/Kg) logo após a indução (propofol e midazolam) e manutenção anestésica (isofluorano), seguido da infusão de diferentes taxas de tramadol: G1: 1,5mg/kg/h; G2: 2,0mg/kg/h; G3: 2,5 mg/kg/h. Serão coletadas amostras de sangue para avaliação de parâmetros hemogasométricos, dosagem de cortisol e determinação da concentração sérica do tramadol. A analgesia pós operatória será avaliada por meio de atribuição de escores. Serão utilizados os seguintes testes estatísticos, considerando P<0,5: ANOVA para as variáveis quantitativas com distribuição normal, sendo as médias comparadas através do teste de Tukey. Para as variáveis que não apresentarem distribuição normal e para as variáveis qualitativas ordinais, será utilizado o teste Kruskal-Wallis para comparar os grupos em cada momento e o teste de Friedman para comparar os momentos em cada grupo, seguido do teste de Dunn para comparações múltiplas. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
OLIVA, V. N. L. S.; ALBUQUERQUE, V. B.; FLORIANO, B. P.; MENEGHETTI, T. M.; ABIMUSSI, C. J. X.; FERREIRA, J. Z.; WAGATSUMA, J. T.; LARANJEIRA, G. M.; SANTOS, P. S. P.. Comparação de diferentes taxas de infusão de tramadol para analgesia peri e pós-operatória em cães submetidos a procedimentos cirúrgicos ortopédicos sob anestesia geral inalatória. Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia, v. 71, n. 1, p. 127-136, . (11/03535-7)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.