Busca avançada
Ano de início
Entree

Quantidade e qualidade da matéria orgânica do solo na sucessão floresta-pastagens, em Rondônia

Processo: 00/12189-0
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de maio de 2001 - 30 de junho de 2003
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Ciência do Solo
Pesquisador responsável:Carlos Clemente Cerri
Beneficiário:Carlos Clemente Cerri
Instituição Sede: Centro de Energia Nuclear na Agricultura (CENA). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Matéria orgânica do solo  Ecossistema amazônico  Florestas tropicais  Captura e armazenamento de carbono  Pastagens  Rondônia  Mudança climática 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Amazonia | Carbono | Pastagem | Rondonia | Sucessao Floresta Pastagens
Publicação FAPESP:https://media.fapesp.br/bv/uploads/pdfs/Contribuições...climáticas_16_37_37.pdf

Resumo

O objetivo geral desta pesquisa é estudar a dinâmica da matéria orgânica do solo (MOS) quando uma vegetação típica de floresta tropical é substituída por uma vegetação de pastagem, sob o aspecto quantitativo e qualitativo. Indicadores paralelos, como a mineralização do carbono (C) orgânico em agregados, intactos e após a sua destruição, e a natureza química dos resíduos vegetais depositados serão também investigados. Para atingir esse objetivo, pretende-se realizar as seguintes metas específicas: 1) quantificar os estoques de C e nitrogênio (N) e avaliar a contribuição relativa do C derivado da pastagem nas diferentes frações da MOS, baseado na abundância natural do 13C; 2) determinar as alterações na qualidade da MOS pela análise de suas diferentes frações com técnicas químicas e espectroscópicas; 3) estimar as taxas de deposição e decomposição da liteira na pastagem; 4) avaliar se existe diferença na qualidade dos resíduos vegetais (liteira e raízes) na floresta e nas pastagens e qual a influência na qualidade da MOS; 5) avaliar a existência de um possível mecanismo de proteção física da matéria orgânica em agregados do solo nos dois ecossistemas, pela determinação da “fração leve” entre e intra-agregados e da mineralização do C com a incubação de agregados intactos e destruídos. Uma condição essencial para a realização deste estudo será a utilização de uma cronossequência constituída por uma floresta e três pastagens de idades diferentes, em uma mesma classe de solo representativa da bacia amazônica. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)