Busca avançada
Ano de início
Entree

Publicidade no contexto intercultural de São Paulo antes e depois da Lei Cidade Limpa

Resumo

Apresentam-se resultados de duas pesquisas que têm como contexto a publicidade da cidade de São Paulo antes e depois da Lei Cidade Limpa e a comparação na dimensão histórica, intercultural e semiótica com cidades alemãs. Na sua dimensão histórica, o livro documenta e reflete a revolução visual no espaço urbano de São Paulo que ocorreu durante as poucas semanas nas quais a lei foi implantada. Na sua dimensão intercultural, o estudo examina a paisagem urbanística de São Paulo antes do 1° de janeiro de 2007 em comparação com os espaços urbanos e as suas instalações publicitárias de Las Vegas e de várias cidades da Alemanha no ano 2008. Na sua dimensão semiótica, o livro examina o efeito do desaparecimento dos signos que permeavam o espaço urbano até o 1° de janeiro de 2007 e levanta a questão se ou quais novas significações emergiram neste espaço inteiramente desnudado de signos publicitários. Conclui-se que a eliminação radical dos signos publicitários no espaço urbano da capital paulistana revelou fachadas e edifícios ruinosos por trás das instalações publicitárias, que não deixaram mais "limpa" a paisagem urbanística. A ausência dos signos publicitários criou não-lugares urbanos que deixam certo vazio, um estranhamento na percepção dos flâneurs das suas ruas, os quais começam a sentir a falta da poética cotidiana inerente à sensualidade dos outdoors eliminados. Contudo, acredita-se que um sistema eficaz de regras de planejamento urbanístico pode controlar a publicidade urbana de modo harmônica a convivência desses sistemas. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)