Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da influência do omeprazol na secreção de metronidazol, claritromicina, amoxacilina e ampicilina em suco gástrico de voluntários Helicobacter pylori positivos ou negativos

Resumo

A implicação da bactéria Helicobacter pylori na etiopatogenia de doenças gastroduodenais, como a gastrite antral crônica e doença ulcerosa péptica, levou a um novo enfoque no tratamento clínico destas moléstias. Assim, a prioridade terapêutica passou a ser a erradicação deste microrganismo, capaz de alterar a história natural da úlcera péptica, com redução significativa das recidivas ulcerosas características desta afecção. Como em toda doença bacteriana, antimicrobianos têm sido utilizados no em associação com bloqueadores de secreção ácida no tratamento da doença ulcerosa, mas fatores importantes de farmacocinética permanecem ainda desconhecidos, como por exemplo: - efeito da inflamação crônica da mucosa antral gástrica causada pelo H. pylori na secreção de antimicrobianos no suco gástrico - importância da concentração de antibióticos utilizados no suco gástrico, para a erradicação do H. pylori - efeito do bloqueio de secreção ácida na secreção dos antibióticos utilizados, no suco gástrico. Assim, o objetivo deste estudo é o de avaliar a importância do bloqueio da secreção ácida na concentração de antimicrobianos no suco gástrico em voluntários sadios comparado com portadores de gastrite antral causada pelo H. pylori. Os antimicrobianos escolhidos foram a claritromicina, o metronidazol, a amoxacilina e a ampicilina. Os três primeiros são amplamente utilizados no tratamento desta bactéria, enquanto que a ampicilina apesar de pertencer à mesma família que a amoxacilina não apresenta efeito in vivo contra o Helicobacter pylori. O bloqueador de secreção ácida escolhido foi o omeprazol, que inibe a bomba de prótons, responsável pelo passo final da secreção ácida gástrica, diminuindo a mesma em mais de 90%. Os antimicrobianos serão administrados em dose única por via endovenosa, em voluntários sadios e em pacientes portadores de gastrite antral causadas pelo Helicobacter pylori, diagnosticada por endoscopia e biópsia, antes e durante bloqueio de secreção ácida. Os antimicrobianos serão dosados no plasma, na saliva e em suco gástrico antes, durante e por 3h após a administração dos mesmos. O método a ser utilizado para a determinação das drogas nos diversos fluídos corporais será o de cromatografia líquida de alta pressão (HPLC). (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)