Busca avançada
Ano de início
Entree

Atividade antiproliferativa e ação hormonal/anti-hormonal de extratos e frações enriquecidas de algumas espécies de Mentha (Lamiaceae)

Resumo

A ação hormonal sobre a proliferação celular é amplamente reconhecida. Diversos produtos naturais podem interferir nesse processo tais como os fitoestrógenos e compostos com ação sobre aromatase. Estudos epidemiológicos sugerem que o consumo desses compostos está relacionado com a prevenção de inúmeras doenças crônicas e servem de incentivo na busca de novos tratamentos para problemas de saúde relacionados aos hormônios.Os usos populares de espécies do gênero Mentha (Lamiaceae) incluem promoção de lactação, indução de aborto, diminuição da libido masculina, tratamento de síndrome pré-menstrual e de dismenorréia e como contraceptivo. Estudos apontam para uma atividade antiandrogênica como a principal ação de algumas dessas espécies, sugerindo que ela possa ser atribuída à presença de compostos fenólicos. Estudos anteriores desenvolvidos em nosso grupo de pesquisa apontam que os extratos de espécies de Mentha apresentaram atividade antiproliferativa com seletividade para as linhagens tumorais, hormônio-dependentes, de mama e/ou ovário. A literatura também faz menção a essa seletividade sugerindo o possível envolvimento de compostos fenólicos nessa atividade. Assim, este projeto tem como objetivo avaliar a atividade antiproliferativa e a ação hormonal/anti-hormonal dos extratos e frações enriquecidas de algumas espécies de Mentha cultivados no campo experimental do CPQBA/Unicamp, buscando evidenciar possíveis correlações entre essas ações e elucidar os constituintes químicos envolvidos (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)