Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação laboratorial do processamento de instrumental laparoscópico permanente: esterilização montado versus desmontado

Processo: 11/05759-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de junho de 2011 - 31 de maio de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Enfermagem - Enfermagem Médico-cirúrgica
Pesquisador responsável:Kazuko Uchikawa Graziano
Beneficiário:Kazuko Uchikawa Graziano
Instituição-sede: Escola de Enfermagem (EE). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados: Tamara Carolina de Camargo
Assunto(s):Instrumentos cirúrgicos 

Resumo

A laparoscopia é uma inovação tecnológica que trouxe desafios para o processamento adequado do instrumental e seus acessórios. O vapor saturado sob pressão é o método de esterilização mais eficaz para esta categoria de materiais. Existe um arraigado conceito, entre os profissionais da saúde, que para o alcance do sucesso da esterilização, é imprescindível o contato direto do vapor com todas as superfícies dos materiais submetidos à autoclavação sem considerar também o raciocínio do calor latente e calor sensível. Na prática, as equipes cirúrgicas freqüentemente questionam a Enfermagem da Central de Material e Esterilização (CME) se a esterilização dos materiais laparoscópicos previamente montados está assegurada. Os escassos trabalhos atualmente disponíveis sobre a eficácia da esterilização do instrumental cirúrgico autoclavado montado não trazem respostas conclusivas para sustentar esta prática. A proposta desta investigação é avaliar a segurança da esterilização do instrumental laparoscópico permanente previamente montado, por meio de análises microbiológicas nas diferentes etapas do processamento, desde a limpeza até a esterilização do instrumental previamente montado em condições experimentais, com desafio orgânico e microbiano, visando responder a seguinte pergunta de pesquisa: o processo de esterilização, a vapor saturado sob pressão, do instrumental laparoscópico permanente previamente montado é seguro? Espera-se que os resultados encontrados possam dirimir as dúvidas existentes nas práticas da CME evidenciando a segurança da esterilização do instrumental laparoscópico permanente previamente montado ou indicando o abandono desta prática. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)