Busca avançada
Ano de início
Entree

Instalação de um equipamento de Surface Plasmon Ressonance (SPR) na UNIFESP

Processo: 09/53844-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa Equipamentos Multiusuários
Vigência: 01 de setembro de 2010 - 31 de julho de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica
Pesquisador responsável:Aparecida Sadae Tanaka
Beneficiário:Aparecida Sadae Tanaka
Instituição-sede: Instituto Nacional de Farmacologia (INFAR). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Carboidratos  Proteínas  Técnicas biossensoriais  Peptídeos 
Publicação FAPESP:https://media.fapesp.br/bv/uploads/publicacoes/emu_bio_25.pdf
As informações de acesso ao Equipamento Multiusuário são de responsabilidade do Pesquisador responsável
Página web do EMU: Página do Equipamento Multiusuário não informada
Tipo de equipamento: Tipo de Equipamento Multiusuário não informado
Fabricante: Fabricante não informado
Modelo: Modelo não informado

Resumo

A diversidade de atividades biológicas presentes em artrópodes hematófagos, somada a importância destes como vetores de doenças têm motivado o grupo a investigar a presença de novas moléculas anti-hemostáticas e inibidores de proteases em três espécies de artrópodes com grande relevância no Brasil como transmissores de doenças para humanos e animais, sendo eles: o barbeiro Triatoma infestans, o carrapato bovino Rhipicephalus (Boophilus) microplus e o mosquito Aedes aegypti. Ao longo dos últimos dez anos, o nosso grupo descreveu mais de 10 proteínas ativas presentes nesses vetores das quais duas foram patenteadas e atualmente estamos trabalhando na caracterização de pelo menos mais 15 proteínas diferentes. Dentre elas, foram caracterizadas bioquimicamente com as técnicas disponíveis, os inibidores de trombina e subtilisina A, o AaTI (Aedes aegypti thrombin inhibitor) e a infestina IR, respectivamente; lipocalinas, a tilipo33 (inibidor de agregação plaquetária de T. infestans), tilipo37, tilipo39 e tilipo77 (proteínas anticoagulantes hipotéticas); o BmCI (Boophilus microplus chymotrypsin inhibitor) que é uma proteína com atividade pró-apoptótica. No entanto, necessitamos atualmente de técnicas que permitam medir as interações entre duas moléculas. Por exemplo, a técnica de SPR (Surface Plasmon Ressonance) para identificar se o inibidor AaTI liga-se à trombina, heparina, e ao fibrinogênio. Recentemente, fizemos duas tentativas utilizando este sistema no laboratório do Dr. Lauro Kubota, da UNICAMP, mas como a padronização dos experimentos exigia a utilização do equipamento por várias semanas, decidimos postergar os nossos trabalhos. Acreditamos que a aquisição deste equipamento será extremamente importante para respondermos esta e outras perguntas como descrever quais receptores plaquetários interagem com a proteína salivar de Triatoma infestans Tilipo33 e o mecanismo de interação de BmCI (Lima et al., 2009) necessário para indução de apoptose. Este equipamento será o primeiro a funcionar na UNIFESP e certamente também contribuirá nas investigações dos projetos dos grupos associados e complementares que apoiam este pedido. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE MORAIS-ZANI, KAREN; GREGO, KATHLEEN F.; TORQUATO, RICARDO J. S.; SILVA, CAROLINE S.; TANAKA, APARECIDA S.; TANAKA-AZEVEDO, ANITA M. Cloning, Characterization and Anti-Inflammatory Properties of Bothrops jararaca Snake Antithrombin. PROTEIN AND PEPTIDE LETTERS, v. 22, n. 5, p. 410-418, 2015. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.