Busca avançada
Ano de início
Entree

Abuso sexual e transtornos mentais: evidências a partir de um estudo epidemiológico nas populações do Rio de Janeiro e São Paulo

Processo: 10/19182-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2011 - 28 de fevereiro de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Psiquiatria
Pesquisador responsável:Maria Inês Soares Quintana
Beneficiário:Maria Inês Soares Quintana
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados: Ghina K. E. D. M. Machado ; Hudson Cristiano Wander de Carvalho ; Sérgio Baxter Andreoli
Assunto(s):Delitos sexuais  Transtornos mentais  Prevalência  Diagnóstico psicológico  Políticas públicas 

Resumo

Estudar a relação entre abuso sexual e fatores sócio-demográficos e transtornos psiquiátricos em uma amostra da população geral. Justificativa: O abuso sexual, sobretudo na infância, tem sido relacionado ao prejuízo do desenvolvimento cognitivo, afetivo, sexual, social da vítima e de sua família e relacionado ao desenvolvimento de transtornos psiquiátricos. A identificação de fatores relacionados ao abuso sexual e aos transtornos mentais na população geral poderá auxiliar na elaboração de políticas públicas e de intervenção capazes de prevenir ou minimizar as sequelas muitas vezes irreparáveis na vida psíquica e social do indivíduo. Método: amostra probabilística de 3744 indivíduos das cidades de São Paulo e Rio de Janeiro, de ambos os sexos, com idade entre 15 e 75 anos. Foi utilizado Composite International Diagnostic Interview 2.1 (CIDI) para avaliação diagnóstica dos transtornos mentais e demais instrumentos incluídos no protocolo do Estudo de Violência e PTSD (Projeto Milênio). As estimativas de prevalência e os intervalos de confiança (IC) a 95% foram calculados e padronizados pela distribuição de gênero e idade da população de São Paulo. As associações entre violência sexual e transtornos psiquiátricos serão analisadas por meio de tabelas de contingência. As associações entre transtornos psiquiátricos e os eventos traumáticos e de revitimização serão analisadas por meio de um modelo de regressão logística. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)