Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo do gás sulfídrico (H2S) na termorregulação e febre

Resumo

O gás sulfídrico (H2S) tem sido reconhecido como uma importante molécula de sinalização nos sistemas cardiovascular e nervoso. A produção de H2S a partir de L-cisteína é catalisada principalmente por duas enzimas, cistationina-²-sintase e cistationina-³-liase. Evidências experimentais demonstram que os inibidores da produção de H2S ou compostos terapêuticos doadores do gás exercem um impacto significativo em vários modelos animais de inflamação, lesão de reperfusão e choque circulatório. Na verdade, os doadores de H2S parecem reduzir a formação de edema e a adesão de leucócitos ao endotélio vascular, por inibição da síntese de citocinas pró-inflamatórias. O H2S pode também induzir um estado reversível de hipotermia e estado suspenso de animação, em roedores. Apesar destas evidências indiretas, não há na literatura nenhum estudo sobre o papel do gás sobre a febre induzida por endotoxina (lipopolissacarídeo; LPS). Este projeto visa estudar os efeitos termoregulatórios de inibidores de H2S e doador do gás durante a inflamação sistêmica, induzida por LPS. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
KWIATKOSKI, MARCELO; SORIANO, RENATO N.; ARAUJO, REBECA M.; AZEVEDO, LEOPOLDO U.; BATALHAO, MARCELO E.; FRANCESCATO, HELOISA D. C.; COIMBRA, TEREZILA M.; CARNIO, EVELIN C.; BRANCO, LUIZ G. S. Hydrogen sulfide inhibits preoptic prostaglandin E-2 production during endotoxemia. Experimental Neurology, v. 240, p. 88-95, FEB 2013. Citações Web of Science: 19.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.