Busca avançada
Ano de início
Entree

Rastreamento de inibidores específicos de proteassoma seguidos da determinação de propriedades pró-apoptóticas e antitumorais em cultura celular

Processo: 04/07636-9
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Programa BIOTA - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2004 - 30 de novembro de 2006
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica
Pesquisador responsável:Marilene Demasi
Beneficiário:Marilene Demasi
Instituição Sede: Instituto Butantan. Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):05/01372-2 - Bioprospeccao dentre compostos de origem natural de inibidores especificos do proteassoma 20s seguida da determinacao de atividade pro-apoptotica e anti-tumoral em cultura de celulas tumorais., BP.TT
Assunto(s):Bioquímica orgânica  Produtos naturais  Antineoplásicos  Complexo de endopeptidases do proteassoma  Apoptose 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Antitumorais | Apoptose | Produtos Naturais | Proteassoma | Proteolise

Resumo

Os inibidores do proteassoma promovem morte celular em células de mamíferos por processo descrito, em muitos casos (dependendo de linhagem celular e dose), como apoptose. Esta atividade por parte de inibidores específicos da protease tem sido explorada como potencialmente benéfica na quimioterapia de diversos tumores incluindo-se os sólidos e hematológicos. Com destaque na literatura científica recente está o inibidor sintético denominado de bortezomibe prestes a ser introduzido na clínica médica. Outra evidência do potencial terapêutico desses inibidores são os trabalhos que vêm sendo publicados em anos recentes sobre a busca por esses compostos dentre produtos de origem natural, além da pesquisa química de inúmeros novos compostos sintéticos. A presente proposta de trabalho tem por objetivo identificar dentre os produtos naturais disponibilizados pelo programa BIOTA, compostos que sejam inibidores específicos do proteassoma. A metodologia a ser utilizada implica em microensaios e prevê o screening mensal de centenas de extratos e/ou derivados isolados. Consistirá na medida da atividade do proteassoma na presença desses produtos por intermédio de ensaios em microplacas, sendo que o proteassoma será isolado de uma linhagem de S. cerevisiae onde uma das subunidades do complexo catalítico 20S é modificada com uma cauda de poli-histidina o que permite a purificação do complexo 20S em poucas horas. A segunda fase do projeto prevê o estudo da especificidade dos inibidores potenciais encontrados na primeira etapa. A especificidade dos inibidores será avaliada por meio de ensaios de imunoprecipitação e de cinética enzimática. Após a identificação e seleção dos inibi dores específicos do proteassoma, será feita avaliação da atividade pró-apoptótica desses compostos. Os ensaios nessa fase do projeto serão realizados em cultura de células tumorais de diversas linhagens onde será avaliada a viabilidade celular e feita a caracterização do processo apoptótico por meio de ensaios já consolidados na literatura... (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)