Busca avançada
Ano de início
Entree

Enfezamento do brócolis e da couve flor: identificação de fitoplasmas potenciais insetos vetores, hospedeiros alternativos e análise epidemiológica da doença

Processo: 10/51709-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2010 - 30 de junho de 2013
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Pesquisador responsável:Ivan Paulo Bedendo
Beneficiário:Ivan Paulo Bedendo
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Doenças de plantas  Brócolos  Couve-flor  Análise de sequência de DNA  Fitoplasmas 

Resumo

Anomalias, de causa desconhecida até recentemente, vêm ocorrendo com altas incidências em brócolis (70-100%) e couve-flor (30% a 70%), diminuindo a produtividade e a qualidade do produto comercial. Os agricultores chegam a abandonar a área de plantio ou a substituir estas culturas por outras hortaliças. Pela sintomatologia e investigações prévias, são claras as evidências da associação com fitoplasmas. Assim, o projeto visa: identificar os fitoplasmas associados a estas espécies cultivadas; determinar possíveis insetos vetores; avaliar espécies daninhas como hospedeiras; e analisar a distribuição espacial da doença. Para detecção de fitoplasmas será usada a técnica de PCR. A identificação e os estudos filogenéticos serão feitos por análises de RFLP e sequenciamento de bases do 16SrDNA. Para a análise epidemiológica, plantas doentes e sadias serão avaliadas no campo e os dados interpretados por modelos matemáticos. Quanto aos vetores, serão identificados taxonomicamente os grupos de insetos portadores de fitoplasmas mais freqüentemente encontrados nas culturas, os quais serão testados quanto à sua capacidade de transmissão. As espécies daninhas, sintomáticas ou não, mais comumente encontradas nas adjacências ou no interior das culturas serão amostradas, identificadas e testadas visando à detecção e identificação de fitoplasmas presentes nos seus tecidos. Resultados obtidos têm apontado perspectivas promissoras de se ampliar os conhecimentos sobre o objeto de pesquisa proposto e os resultados a serem gerados poderão contribuir para um maior entendimento sobre a interação hospedeiros-patógeno-vetores. Estas informações poderão servir de base para a adoção de estratégias para manejo da doença. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)