Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise farmacogenômica: síndrome coronária em pacientes submetidos à dupla antiagregação plaquetária e com indicação para implantação de stent

Processo: 09/10862-4
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2010 - 31 de julho de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Amanda Guerra de Moraes Rego Souza
Beneficiário:Amanda Guerra de Moraes Rego Souza
Instituição Sede: Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia (IDPC). Fundação Adib Jatene (FAJ). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Cardiologia  Farmacogenética  Síndrome coronariana aguda  Inibidores da agregação de plaquetas  Angioplastia  Leucócitos 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:agregacao plaquetaria | Angioplastia Coronária Transluminal Percutânea (ACTP) | Antiagregantes (AAS) | Dna | leucócitos | Síndrome Coronariana (SC) | Cardiologia

Resumo

A resistência à ação de antiagregantes plaquetários, como o bissulfato de clopidogrel e o ácido acetilsalicílico (AAS), contribui para a evolução desfavorável da síndrome coronariana (SC) em pacientes submetidos a angioplastia, uma vez que o processo de agregação plaquetária participa intrinsecamente na sua patogênese. Neste contexto, o presente projeto tem como objetivo o estudo famacogenômico de antiagregantes de 423 pacientes com indicação de revascularização percutânea com angioplastia coronária e implante de stent. Os pacientes estarão com tratamento prévio com os antiagregantes AAS (100mg/24h) e bissulfato de clopidogrel (75mg/24h) durante um período mínimo de 5 dias antes da angioplastia coronária transluminal percutânea (ACTP). Os indivíduos com resposta,serão considerados como não respondedores. As concentrações plasmáticas dos antiagregantes serão determinadas por cromatografia líquida acoplada à espectrometria de massa (LC-MS). A taxa de agregação será medida utilizando-se o sistema MultiplateTM aggregometer (Dynabyte). A expressão gênica global dos leucócitos do sangue periférico será avaliada por tecnologia de microarranjos de DNA utilizando o Human Exon ST 1.0 Array (Affymetrix). Características genotípicas dos pacientes também serão avaliadas pelo sistema PyroMark Q24 (Qiagen). Este estudo contribuirá para o entendimento dos mecanismos envolvidos na resposta dos leucócitos ao tratamento com antiagregantes e sua relação com o perfil farmacogenômico dos pacientes. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
LUCHESSI, ANDRE DUCATI; CONCHEIRO, MARTA; GERMANO, JULIANA DE FREITAS; SILBIGER, VIVIAN NOGUEIRA; BORTOLIN, RAUL HERNANDES; CRUZ, ANGELINES; QUINTELA, OSCAR; BRION, MARIA; CARRACEDO, ANGEL; INIGUEZ, ANDRES; et al. ABCC3 Polymorphisms and mRNA Expression Influence the Concentration of a Carboxylic Acid Metabolite in Patients on Clopidogrel and Aspirin Therapy. BASIC & CLINICAL PHARMACOLOGY & TOXICOLOGY, v. 120, n. 5, p. 466-474, . (09/10862-4)
LUCHESSI, ANDRE DUCATI; SILBIGER, VIVIAN NOGUIEA; CRESPO HIRATA, ROSARIO DOMINGUEZ; LIMA-NETO, LIDIO GONCALVES; CAVICHIOLI, DEBORA; INIGUEZ, ANDRES; BRAVO, MARISOL; BASTOS, GUILLERMO; MORAIS REGO SOUSA, AMANDA GUERRA; BRION, MARIA; et al. Pharmacogenomics of anti-platelet therapy focused on peripheral blood cells of coronary arterial disease patients. Clinica Chimica Acta, v. 425, p. 9-17, . (09/10862-4)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.