Busca avançada
Ano de início
Entree

Correlação entre receptores endometriais, resistência insulinica e obesidade em mulheres menopausadas

Processo: 09/16196-6
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de maio de 2010 - 30 de abril de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Saúde Materno-infantil
Valor Concedido/Desembolsado (R$): 23.924,53 / 23.924,53
Pesquisador responsável:Ilza Maria Urbano Monteiro
Beneficiário:Ilza Maria Urbano Monteiro
Instituição Sede: Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher (CAISM). Hospital da Mulher Professor Doutor José Aristodemo Pinotti. Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Ginecologia  Resistência à insulina  Obesidade 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:obesidade | receptor endometrial | resistência insulínica | Ginecologia

Resumo

Introdução: A obesidade e o sobrepeso caracterizam-se por ser um problema de saúde pública implicando em elevada morbimortalidade e associações com diversas patologias clínicas. Após a menopausa, o ganho de peso e a distribuição destes depósitos de gordura, podem se alterar , aumentando o risco de aparecimento de doenças metabólicas e neoplásicas como o diabetes mellitus e os cânceres de mama e de endométrio. Objetivo: Associar a expressão de receptores relacionados à proliferação e apoptose celular em mulheres na pós-menopausa, conforme o IMC (Kg/m2) e a resistência tecidual insulínica. Sujeitos e métodos: Estudo de corte transversal. Serão selecionadas 90 mulheres após a menopausa, do Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher (CAISM) da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), que serão submetidas a obtenção de amostra endometrial provenientes de cirurgias por patologia benigna. Serão avaliados os receptores endometriais para estrogênio, progesterona, IGF-1, KI67 e Bcl-2 em mulheres menopausadas, correlacionando-os com o índice de massa corporal e a resistência insulínica. Análise dos dados: Os dados serão estruturados utilizando-se o software do MicrosoftÒ Excel, versão 7.0. Os grupos serão comparados s através dos testes de Qui-quadrado de Pearson ou teste t de Student. A análise dos receptores será realizada através dos testes t de Student e Qui-quadrado de Pearson, considerando-se um valor a de 0,05 e uma significação estatística de 0,05. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)