Busca avançada
Ano de início
Entree

Custo efetividade do rastreamento da infecção por Chlamydia trachomatis em mulheres brasileiras

Processo: 09/18388-0
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2010 - 30 de junho de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Saúde Materno-infantil
Pesquisador responsável:Paulo César Giraldo
Beneficiário:Paulo César Giraldo
Instituição Sede: Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher (CAISM). Hospital da Mulher Professor Doutor José Aristodemo Pinotti. Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Pesquisadores associados: Elisa Tomazzini
Assunto(s):Clínica médica  Ginecologia  Infecções bacterianas e micoses  Doenças sexualmente transmissíveis  Chlamydia trachomatis 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Chlamydia trachomatis | custo efetividade | Prevalência | Rastreamento | Infecções Genitais

Resumo

A importância da infecção por Chlamydia trachomatis não está relacionada apenas à sua elevada frequência, mas principalmente pelas graves repercussões sobre o aparelho genital feminino. Apenas 30% das pacientes infectadas apresenta sintomas e só 40% terão sinais que possam evidenciar sua presença. Cerca de 70% destes casos são assintomáticos e acabam não sendo diagnosticados, havendo portanto a necessidade de programa de rastreamento para diagnóstico e tratamentos precoces, o qual não existe no Brasil. Objetivo: Avaliar custo-efetividade do rastreamento para Chlamydia trachomatis em mulheres sexualmente ativas através de simulação de programa de rastreamento que possa ser aplicado na população brasileira. Sujeitos e métodos: Estudo de custo efetividade A decisão de rastrear Chlamydia trachomatis será estruturada a partir de uma coorte hipotética de 10.000 mulheres sexualmente ativas com idade até 25 anos. O horizonte de tempo trabalhado no modelo de Markov será de 10 anos e análise de prevalência será realizada a partir de revisão de dados já publicados (analise secundária de dados) obtidos em base de dados, utilizando sites de busca eletrônicos tais como Medline, Embase, LILACS, Cochrane Controlled Trial Register. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)