Busca avançada
Ano de início
Entree

A Escola Normal Padre Anchieta e a biologia educacional: constituição de uma abordagem de sucesso para a disciplina (1930s)

Resumo

Este projeto de pesquisa refere-se ao tema da história das disciplinas escolares, mais especificamente à disciplina Biologia Educacional, inserida no currículo das Escolas Normais paulistas em 1933. Considera-se importante aprofundar o conhecimento das elaborações dessa disciplina, dadas as suas relações com projetos de intervenção social elaborados pelos chamados renovadores do ensino, de forma a permitir um maior conhecimento dessas iniciativas e também do processo de constituição e divulgação da educação nova no país. O intuito deste estudo é investigar a disciplina Biologia Educacional implementada na Escola Normal "Padre Anchieta", instituição escolar criada em 1912, verificando a organização desses saberes e práticas, dada pela mediação do professor Reynaldo Kunz Busch, e as formas de apreensão de seus ensinamentos pelos alunos(as) do magistério. O período em foco é a década de 1930, momento em que se iniciavam as produções da disciplina, justamente para esclarecer o processo inicial de elaborações de seus conteúdos e métodos. O referencial teórico considerado baseia-se nos escritos de André Chervel, Ivor Goodson e Michel Foucault. Os procedimentos metodológicos referem-se à análise das seguintes fontes: documentos arquivísticos do acervo da escola; produções impressas do professor citado; e um conjunto de nove números da revista A Biologia Educacional (1938-1941), uma publicação do Centro de Estudos Biológicos da escola, instituição periescolar associada à disciplina, que veiculava artigos escritos pelos próprios alunos(as) do magistério, sob a orientação do professor. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)