Busca avançada
Ano de início
Entree

Via HO-CO-cGMP na antinocicepção induzida por estresse em ratos

Resumo

Antes de objetivar os caminhos a serem traçados pelo presente estudo faz-se necessário lembrar que o estresse é definido como estado gerado pela percepção de estímulos que provocam excitação emocional e, ao perturbarem a homeostasia, desencadeiam um processo de adaptação caracterizado, entre outras alterações, pelo aumento de secreção de adrenalina produzindo diversas manifestações sistêmicas com distúrbios fisiológicos e psicológicos. A resposta ao estresse é resultado da interação entre as características pessoais e as do meio e à percepção no que se refere à resposta. Estas respostas ao estressor estão sobrepostas em diferentes aspectos: cognitivos, comportamentais e fisiológicos. Possivelmente, todo agente físico estressante produz aumento nos níveis plasmáticos de ACTH, corticosterona e ²-endorfina, porém, nem todo agente estressante produz analgesia. Portanto, o significado biológico da analgesia é prevenir o aparecimento de comportamentos recuperativos no momento da reação de defesa do animal, a qual pode variar de minutos a horas, dependendo do agente estressante, sua severidade e dos métodos utilizados para medir a analgesia.Com relação ao gás composto monóxido de carbono (CO), alguns estudos relatam sua participação como neurotransmissor e/ou neuromodulador, além de atuar também como substância vasoativa. Recentemente foi demonstrado que o CO atua principalmente na via de ativação da guanilato ciclase solúvel (sGC), proporcionando assim, aumento nos níveis de guanosina monofosfato cíclico (cGMP). Em adição, achados na literatura demonstraram o envolvimento do CO na modulação autonômica (regulação da temperatura) que acompanha situações de estresse, porém ainda não há relatos de seu envolvimento na modulação nociceptiva.Sendo assim o presente projeto tem como objetivo avaliar o envolvimento da via HO-CO-cGMP na antinocicepção induzida pelo estresse agudo de contenção física em ratos, realizado por 60 minutos. Para atingir este objetivo, iremos investigar o efeito da administração intracerebroventricular na analgesia induzida pelo estresse agudo no teste de retirada da cauda em ratos dos seguintes compostos: zinco deuteropophyin 2,4-bis glicol (ZnDPBG, um inibidor não-seletivo da heme-oxigenase), heme-lisinato (substrato para a via HO-CO-cGMP), e por fim do inibidor da guanilato ciclase solúvel, o 1H-[1,2,4]oxadiazolo [4,3-a]quinoxaline-1-one (ODQ) após a administração de heme-lisinato.Acreditamos que com realização deste projeto poderemos expandir o conhecimento sobre a analgesia induzida pelo estresse, avaliando o envolvimento da via HO-CO-cGMP. Nosso objetivo será iniciar um campo de investigação sobre a participação do CO na analgesia induzida pelo estresse agudo, bem como a possibilidade de investigar se esta mesma via modula a hiperalgesia observada em situações de estresse crônico. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
VIEIRA, EVELINE BIS; MENESCAL-DE-OLIVEIRA, LEDA; ANDRADE LEITE-PANISSI, CHRISTIE RAMOS. Functional mapping of the periaqueductal gray matter involved in organizing tonic immobility behavior in guinea pigs. Behavioural Brain Research, v. 216, n. 1, p. 94-99, . (07/08122-7, 07/06549-3, 05/00096-1, 04/09642-6)
CARVALHO, PRISCILA G.; BRANCO, LUIZ G. S.; ANDRADE LEITE-PANISSI, CHRISTIE RAMOS. Involvement of the heme oxygenase-carbon monoxide-cGMP pathway in the nociception induced by acute painful stimulus in rats. Brain Research, v. 1385, p. 107-113, . (04/09642-6, 05/00096-1, 07/08122-7)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.