Busca avançada
Ano de início
Entree

Utilização da técnica do DNA-Stable Isotope Probing (DNA-SIP) na identificação de microrganismos desnitrificantes autotróficos em sistema de tratamento de esgoto sanitário utilizando sulfeto como doador de elétrons

Processo: 10/03286-4
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2010 - 31 de dezembro de 2012
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Tratamentos de Águas de Abastecimento e Residuárias
Pesquisador responsável:Eugenio Foresti
Beneficiário:Eugenio Foresti
Instituição Sede: Escola de Engenharia de São Carlos (EESC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Tratamento de águas residuárias  Esgotos sanitários  Microbiologia da água  Desnitrificação  Biotecnologia 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:compostos reduzidos de enxofre | Desnitrificação autotrófica | Dna-Sip | Esgoto sanitário | Microbiologia | 13C-bicarbonato | Microbiologia Aplicada a processos Biológicos de Tratamento de Águas Residuárias

Resumo

Sob a perspectiva de controle ambiental e sustentabilidade, intensificam-se novas propostas de soluções biotecnológicas para o tratamento e remoção de nutrientes de águas residuárias. A desnitrificação autotrófica com compostos reduzidos de enxofre tem mostrado promissora na aplicação em processos biotecnológicos saneadores para a remoção simultânea de nitrogênio e enxofre de águas residuárias. Apesar das potencialidades que este processo encerra, o conhecimento da diversidade funcional e filogenética dos microrganismos autotróficos desnitrificantes é limitado. No presente trabalho, pretende-se avaliar os enfoques da diversidade taxonômica e funcional utilizando a técnica do "DNA-Stable Isotope Probing" (DNA-SIP) associada a metodologias tradicionais de cultivo, para estudar a microbiologia da desnitrificação autotrófica utilizando compostos reduzidos de enxofre. A microbiota a ser investigada provem de um reator operado em escala piloto no pós-tratamento de esgoto sanitário real. Primeramente, a desnitrificação autotrófica será estabelecida em frascos reatores utilizando sais de sódio de sulfeto, bicarbonato e nitrato. Estabelecido o processo, frascos reatores serão montados com 13C-bicarbonato, sulfeto e nitrato de sódio. 13C-DNA será separado do 12C-DNA por ultracentrifugação e os microrganismos metabolicamente ativos na desnitrificação autotrófica serão identificados. Conhecendo-se os microrganismos e seu papel funcional importantes informações podem ser obtidas a respeito dos aspectos ecológicos, fisiológicos e genéticos ligados ao processo de remoção de nitrogênio, auxiliando o alcance de melhores eficiências dos sistemas de tratamento e contribuindo para o aprimoramento de reatores. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SAIA, FLAVIA TALARICO; SOUZA, THEO S. O.; DELGADO DUARTE, RUBENS TADEU; POZZI, ELOISA; FONSECA, DEBORA; FORESTI, EUGENIO. Microbial community in a pilot-scale bioreactor promoting anaerobic digestion and sulfur-driven denitrification for domestic sewage treatment. Bioprocess and Biosystems Engineering, v. 39, n. 2, p. 341-352, . (10/01735-6, 10/03286-4, 07/58659-7)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.