Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo cinemático tridimensional em cães hígidos

Resumo

O trabalho terá por objetivo realizar estudo cinemático tridimensional de cães hígidos de porte grande da raça labrador e de porte pequeno da raça poodle, de forma a estabelecer um padrão de normalidade, visto essas raças serem predispostas respectivamente à displasia coxo-femoral e à luxação de pateta. Serão utilizados 10 cães hígidos da raça labrador com idade entre 2 e 7 anos e 10 cães da raça poodle com idade entre 1 e 7 anos. Antes da realização da cinemática, os cães serão submetidos a exame físico e ortopédico específico. Adicionalmente serão efetuados exames radiográficos das articulações coxofemorais e dos joelhos. Para a análise da cinemática será utilizado equipamento Sistema Vicon com 03 câmeras MX3. Serão posicionados marcadores esféricos reflectores, de acordo com o utilizado por Eward et al. (2003). Os cães serão conduzidos com guia ao trote, mantendo a velocidade da esteira entre 2,2 e 2,4 m/s. No mínimo cinco ensaios válidos serão completados para os lados direito e esquerdo. O sistema permitirá a determinação da velocidade, deslocamento, angulação, tempo inicial e distância. Os parâmetros dos membros torácico e pélvico do lado direito serão comparados aos do lado esquerdo. Os dados obtidos serão avaliados pela análise de variância seguida pelo teste de Tukey usando o software GraphPad InStat. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)