Busca avançada
Ano de início
Entree

Qualidade de vida de cuidadores de pacientes com perdas funcionais e dependencia atendidos em domicilio pelo programa de saude da familia do municipio de sao paulo.

Processo: 07/00532-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de abril de 2007 - 31 de março de 2008
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Enfermagem - Enfermagem de Saúde Pública
Pesquisador responsável:Maria Amélia de Campos Oliveira
Beneficiário:Maria Amélia de Campos Oliveira
Instituição-sede: Escola de Enfermagem (EE). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Qualidade de vida  Atenção primária à saúde 

Resumo

Com a implementação do Programa Saúde da Família (PSF), como estratégia para reorganização da Atenção Básica no país, a assistência domiciliária tornou-se parte integrante das ações em saúde nesse nível de assistência. O cadastramento das famílias feito pelos agentes comunitários de saúde levou-os aos domicílios de usuários de Unidades Básicas de Saúde (UBS), tornando visíveis as necessidades de saúde de pacientes com perdas funcionais e dependência, antes confinados em seus lares, e também de seus cuidadores. Com o crescimento da assistência domiciliária, em todos os níveis e âmbitos, tornou-se crescente a preocupação com aquele que viabiliza essa modalidade de assistência: o cuidador. Muitos estudos vêm sido realizados com enfoque na sobrecarga e nos aspectos negativos que o cuidar acarreta haja vista a sobrecarga de trabalho, problemas de saúde, insônia, cansaço, falta de atividades de lazer, comprometimento da atividade profissional, falta de equipamentos sociais de apoio, prejudicando, assim, sua qualidade de vida. Porém, é possível verificar avaliações positivas com relação ao cuidado, principalmente no âmbito subjetivo como o senso de auto-realização e auto-reconhecimento pela polivalência e o sentimento de utilidade. Na realidade, nem sempre o que observamos objetivamente corresponde ao que subjetivamente as pessoas pensam de sua própria vida. Este estudo terá como objetivo geral avaliar a qualidade de vida subjetiva de cuidadores familiares atendidos por equipes do Programa Saúde da Família do Município de São Paulo. Para isso será utilizado o questionário genérico de avaliação de qualidade de vida subjetiva da OMS, o WHOQOL-bref e o questionário que avalia o impacto subjetivo do cuidar, o Caregiver Burden Scale. Além de um questionário de caracterização do perfil e do cuidado prestado por esses cuidadores familiares. Procuraremos investigar tanto os aspectos positivos quanto os negativos na tarefa do cuidar a fim de identificar potenciais de fortalecimento e desgaste, propondo intervenções mais efetivas. A população do estudo será composta por cuidadores familiares de pacientes com algum grau de dependência atendida por equipes de Saúde da Família da Subprefeitura da Cidade Ademar. A amostra do estudo será por conveniência. Devido ao número pequeno de cuidadores por UBS, os dados serão coletados em mais de uma UBS. Para realização da análise estatística dos dados coletados a amostra deverá atingir um número mínimo de 50 cuidadores. O estudo foi submetido e aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Escola de Enfermagem da USP e da Prefeitura Municipal de São Paulo. Os participantes da pesquisa serão previamente informados sobre os objetivos da pesquisa e a confidencialidade dos dados, nos termos da Resolução 196/96, do Conselho Nacional de Saúde. Os cuidadores familiares que aceitarem participar do estudo assinarão um Termo de Consentimento Informado manifestando sua decisão. O presente Projeto já obteve aprovação dos Comitês de Ética da Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo (nº488-2005/CEP-EEUSP) e da Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo (nº 041/06 – CEP/SMS). Para a análise dos resultados da pesquisa os dados serão submetidos à análise estatística específica para cada objetivo proposto. O nível de significância adotado para o estudo será de p< 0,05. As análises serão feitas pelo Software SPSS 13.0. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FERNANDA AMENDOLA; MARIA AMÉLIA DE CAMPOS OLIVEIRA; MÁRCIA REGINA MARTINS ALVARENGA. Qualidade de vida dos cuidadores de pacientes dependentes no programa de saúde da família. Texto & Contexto : Enfermagem, v. 17, n. 2, p. -, Jun. 2008.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.