Busca avançada
Ano de início
Entree

Participação social e discursos sobre a sustentabilidade: um estudo das dinâmicas e conflitos em torno de projetos e políticas públicas de desenvolvimento rural no Vale do Ribeira

Processo: 06/03573-8
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de junho de 2007 - 30 de novembro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Sociologia - Sociologia Rural
Pesquisador responsável:Paulo Eduardo Moruzzi Marques
Beneficiário:Paulo Eduardo Moruzzi Marques
Instituição Sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Agricultura familiar  Desenvolvimento agrícola  Políticas públicas  Participação social  Poder social  Sustentabilidade  Vale do Paraíba 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:agricultura familiar | Conselhos locais e regionais | Desenvolvimento rural | participação social | Poder local | Sustentabilidade | Processos participativos e desenvolvimento rural

Resumo

Este projeto de pesquisa se inscreve nas linhas de trabalho do autor enquanto docente da área de sociologia rural do Departamento de Economia, Administração e Sociologia da Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" da Universidade de São Paulo (ESALQ/USP). A concepção deste projeto funda-se no objetivo de investigar campos de conflitos, atores sociais e poder em torno de iniciativas de desenvolvimento rural lançadas para as regiões em certa medida desfavorecidas do estado de São Paulo. Nesta perspectiva, pretende-se refletir sobre os fundamentos nos quais se assentam os argumentos dos diferentes atores, discutindo suas justificativas e delineando um campo de disputas e produção de idéias. A região escolhida para o desenvolvimento da pesquisa é aquela do Vale do Ribeira, na qual diferentes interesses encontram-se em jogo: a agricultura familiar é a mais numerosa do estado de São Paulo; a defesa das comunidades quilombolas, caiçaras e indígenas se assenta em seus direitos ancestrais; empresas de reflorestamento, companhias agropecuárias e empreendedores imobiliários e turísticos pleiteiam o desenvolvimento econômico regional; entidades ambientalistas alertam para os riscos crescentes que pesam sobre uma das últimas grandes reservas naturais no estado. Neste quadro, a pesquisa se interessa notadamente para o estudo da implantação de conselhos locais e regionais de desenvolvimento, cuja disseminação foi intensa nestes últimos anos. Trata-se de analisar em que medida suas dinâmicas modificam as lógicas e hierarquias do campo político local. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)