Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo dos métodos de controle da época do florescimento de Oncidium flexuosum Sims. e seleção das plantas para a reconstituição de populações uniformes

Resumo

Existem problemas importantes que afetam a produção comercial da orquídea silvestre Oncidium flexuosum. O primeiro é a entressafra entre os meses de janeiro e abril. A empresa promoveu a produção, nesse período, por meio dos métodos de controle de fotoperíodo e de desbastes. Exatamente por ser uma orquídea silvestre recentemente adaptada à cultura comercial, a Oncidium flexuosum apresenta uma grande variabilidade, principalmente no período de florescimento. Uma das pesquisas importantes conduzidas na fase 1 do projeto tratou da seleção de plantas e reconstituição de diversas populações que possuem uma época de florescimento bem definida, de abril a agosto. O trabalho foi executado com uma certa lentidão por exigir uma coleção ampla de materiais de procedências diversas, ensaios de produção com repetição e, sobretudo, uma mão-de-obra habilitada para a reprodução por meio de culturas meristemáticas em laboratório com as condições e equipamentos adequados. Baseando-se em dados obtidos nos ensaios da fase 1, foi elaborado para a fase 2 um projeto de seleção de plantas da geração F1 a partir de cruzamentos entre 60 plantas selecionadas de diversas procedências. Serão executados 300 cruzamentos entre elas e pretende-se obter 200 plantas procedentes de cada um, totalizando 60 mil progênies. A intenção é analisar o DNA das plantas selecionadas e verificar as possibilidades de determinação dos cruzamentos mais favoráveis para a obtenção dos genótipos desejados. As progênies selecionadas serão propagadas in vitro e formarão os cultivares comerciais que serão distribuídos aos produtores. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)