Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da contaminação de caldo de cana por hidrocarbonetos policíclicos aromáticos (HPAs)

Resumo

Os hidrocarbonetos policíclicos aromáticos (HPAs) são compostos formados a partir da queima incompleta de material orgânico e compreendem uma importante classe de contaminantes ambientais, muitos deles comprovadamente carcinogênicos. No Brasil, a colheita da cana-de-açúcar é feita geralmente após a queima dos canaviais, este recurso pode resultar na contaminação da cana por HPAs, e consequentemente, dos produtos obtidos a partir desta. Pesquisas recentes verificaram a presença de HPAs em produtos derivados da cana, como açúcares e cachaça, e em produtos intermediários do processamento da cana, como o caldo. No presente estudo, amostras de caldos de cana comercializados nas cidades de Campinas e Ribeirão Preto, SP, serão coletadas em duas épocas distintas do ano e analisadas quanto à presença de 4 HPAs: benzo(a)antraceno, benzo(b)fluoranteno, benzo(k)fluoranteno, e benzo(a)pireno. A técnica de análise empregada será a cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE) com detecção por fluorescência. Os resultados desta pesquisa deverão identificar os níveis de contaminação dos caldos de cana comercializados e verificar possíveis diferenças sazonais nos níveis de contaminação. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)