Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo comparativo de determinadas características, das condições musculares, das articulações temporomandibulares, da arquitetura do sono e aspectos respiratórios relacionados, em grupos com e sem DTM

Resumo

Distúrbio temporomandibular (DTM) é um termo coletivo caracterizado por um conjunto de sinais e sintomas que acometem a articulação temporomandibular (ATM) e os músculos mastigatórios 5, 19. A participação da oclusão no desenvolvimento da DTM, sob o ponto de vista morfológico, têm apresentado correlação pequena ou mesmo nula 23, 26, 30, por outro lado aspectos funcionais como interferências oclusais e deslocamentos condilares 28, 29, têm mostrado correlação significativa 3, 11, 12. Fatores, tais como estresse, hiper-atividade muscular, hábitos parafuncionais, entre outros, têm sido alvo de investigação 2,14,15. O avanço nos métodos diagnósticos, como a utilização da imagem da ressonância magnética (IRM) para o estudo do disco articular 13, 17, 18, 21, 22, 24, 31, da polissonografia 8, 9, da eletromiografia dos músculos da face 6, 14, 16, 25, tem colaborado para melhor compreensão dos mecanismos associados ao DTM. O presente estudo fará uma comparação entre um grupo assintomático e outro, sintomático, com idades entre 18 e 30 anos diferenciadas pela presença de DTM de origem muscular, com dentadura permanente completa, sem distinção de gênero, cor ou etnia. Os sinais e sintomas clínicos incluem dor espontânea e/ou sensibilidade à palpação de determinados músculos craniofaciais, bruxismo ou mordida super-tensa. As avaliações incluirão anamnese, exame clínico, medida dos deslocamentos condilares (IPC), eletromiografia, polissonografia, telerradiografias lateral e póstero-anterior da face, tomografia linear corrigida e ressonância magnética das ATM. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
KIM WEFFORT, SOO YOUNG; DE FANTINI, SOLANGE MONGELLI. Condylar displacement between centric relation and maximum intercuspation in symptomatic and asymptomatic individuals. ANGLE ORTHODONTIST, v. 80, n. 5, p. 835-842, SEP 2010. Citações Web of Science: 23.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.