Busca avançada
Ano de início
Entree

Fatores de riscos para nascimentos pré-termo

Processo: 05/56552-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de abril de 2006 - 31 de março de 2008
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Epidemiologia
Pesquisador responsável:Marcia Furquim de Almeida
Beneficiário:Marcia Furquim de Almeida
Instituição-sede: Faculdade de Saúde Pública (FSP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Nascimento prematuro  Fatores de risco 

Resumo

Os nascimentos de pré-termo desempenham importante papel na morbimortalidade neonatal e perinatal. Entre os fatores de risco destes nascimentos há a participação de características socioeconômicas maternas e familiares; ambientais; características biológicas e reprodutivas maternas; hábitos, intercorrências e condições psico-sociais da mãe na gestação e a assistência pré-natal. O efeito destas variáveis nesta complexa articulação vem sendo objeto de estudo em vários países, contudo, no Brasil os trabalhos sobre sua etiologia ainda são escassos. Objetiva-se identificar os fatores de risco associados aos nascimentos vivos de pré-termo bem como a freqüência destes nascimentos devido ao rompimento prematuro de membranas, início prematuro do trabalho de parto e por indicação clínica. Será realizado um estudo caso-controle de base populacional em um município de porte médio de modo a facilitar a sua execução. A população de estudo refere-se aos nascimentos vivos hospitalares ocorridos e de mães residentes em Londrina, Paraná, município que concentra os nascimentos em apenas 5 hospitais. A amostra necessária para realização da pesquisa é de 394 casos e 394 controles. Os casos serão os nascimentos de pré-termo e os controles serão obtidos por meio de uma amostra representativa dos nascimentos de não pré-termo. Será aplicado um protocolo para obter informações dos prontuários hospitalares e serão realizadas entrevistas com as mães no período de internação do parto. Foram introduzidas questões específicas para avaliar possíveis exposições ambientais, medidas de esforço físico e presença de situações de stress (violência doméstica, desemprego, perdas afetivas) na gestação. Será realizada análise de regressão logística múltipla, com base num modelo hierarquizado. A identificação destes fatores possibilitará sugerir ações específicas para redução dos nascimentos pré-termo e conseqüentemente da mortalidade neonatal e infantil. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ANA MARIA RIGO SILVA; MARCIA FURQUIM DE ALMEIDA; TIEMI MATSUO; DARLI ANTONIO SOARES. Fatores de risco para nascimentos pré-termo em Londrina, Paraná, Brasil. Cadernos de Saúde Pública, v. 25, n. 10, p. -, Out. 2009.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.