Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo quantitativo, morfometrico e ultraestrutural dos neuronios do plexo cardiaco intrinseco de ratos de meia idade submetidos a programa de atividade fisica (corrida em esteira).

Processo: 04/03541-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de agosto de 2004 - 31 de julho de 2006
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária
Pesquisador responsável:Romeu Rodrigues de Souza
Beneficiário:Romeu Rodrigues de Souza
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Envelhecimento  Atividade física  Ratos  Neurônios 

Resumo

Cada vez mais é possível observar um aumento na população idosa em todo o mundo. Isto ocorre, de maneira geral, devido as melhores condições de vida oferecidas a esses indivíduos. Por esta razão, a preocupação com o idoso está se tornando uma constante em nossa sociedade. No aspecto saúde, o que se observa, contudo, é que o envelhecimento promove uma queda nas funções fisiológicas dos idosos, deixando-os susceptíveis às doenças, inclusive aquelas que atingem o coração. Como maneira de prevenir ou "tratar" as cardiopatias que acometem os indivíduos da terceira idade, diferentes tipos de atividade física têm sido preconizados. Numerosos trabalhos têm demonstrado os efeitos benéficos da atividade física sobre os diferentes sistemas, inclusive o sistema cardíaco. Porém, as informações sobre os efeitos do exercício sobre os neurônios do plexo cardíaco intrínseco são escassas. Portanto, o objetivo deste trabalho será verificar se a atividade física (corrida em esteira) induz alterações quantitativas, morfométricas ou ultraestruturais nos neurônios do plexo cardíaco intrínseco de ratos de meia idade submetidos a treinamento físico por período de meses. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)