Busca avançada
Ano de início
Entree

Curativo de demora a base de hidróxido de cálcio, associado ou não a clorexidina: avaliação da biocompatibilidade em tecido conjuntivo subcutâneo de ratos e da reparação apical e periapical em dentes de cães

Resumo

Será avaliado o processo de reparo após utilização de diferentes curativos de demora, em dentes de cães portadores de necrose pulpar e lesão periapical crônica experimentalmente induzida, e a biocompatibilidade dos mesmos em tecido conjuntivo subcutâneo da pata de ratos. No estudo histopatológico em dentes de cães, serão avaliadas as seguintes pastas e soluções, após permanência no interior dos canais por 30 ou 90 dias: pasta Calen, pasta Calen associada à Clorexidina a 1% (pasta experimental) e solução de clorexidina a 1%. No estudo da biocompatibilidade em tecido conjuntivo subcutâneo de ratos, serão avaliadas as mesmas pastas e soluções, após períodos de 24 horas, 7 e 14 dias. O material obtido em ambos os estudos serão, também, submetidos à análise morfométrica utilizando um sistema de análise de imagens. Os resultados obtidos serão submetidos à análise estatística utilizando o teste não-paramétrico de Mann-Whitney. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)