Busca avançada
Ano de início
Entree

Analise funcional e molecular de receptores de b1 de cininas na hipertensao arterial.

Resumo

As cininas participam de processos fisiopatológicos do organismo e suas ações relacionadas ao sistema cardiovascular têm especial importância devido à ampla utilização de inibidores da ECA na terapia antihipertensiva. A ativação de receptores B2 resulta em vasodilatação, hipotensão e proteção cardíaca, mas pouco se sabe a respeito de receptores B1, que têm natureza induzível e estão relacionados a situações de injúria tecidual e inflamação. Sua indução é regulada por citocinas, MAP quinases e pelo fator de transcrição NF-kB. Em vasos sanguíneos a ativação do NF-kB é promovida por espécies reativas de oxigênio que são geradas a partir da estimulação de receptores AT1 de angiotensina. Existem evidências da participação de Ang II no processo inflamatório, mas pouco se sabe sobre os efeitos da Ang II na expressão e funcionalidade de receptores B1. Esse projeto pretende investigar uma possível ação modulatória de Ang II sobre receptores B1 na hipertensão arterial, onde há ativação do sistema renina-angiotensina. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)