Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliacao parametrica do cloridrato de dexmedetomidina em caes pre tratados ou nao pela atropina e tratados ou nao pela quetamina.

Resumo

Visa-se empregar uma técnica de sedação padronizada, utilizando o cloridrato de dexmedetomidina pela via intravenosa observando assim seu efeito em cães. A técnica anestésica será aplicada em 30 cães hígidos com pesos entre 10 e 15 quilos, machos ou fêmeas, divididos em dois grupos (GI e GII GIII) de 10 animais cada. Em GI aplicar-se-á a dexmedetomidina na dose de 1 microg/kg em dose única, mantendo-se o paciente sedado durante 1 hora com dose de manutenção de 0,5 microg/kg. Em GII o tratamento será o mesmo adotado em GI, entretanto, os animais serão pré-tratados 15 minutos antes com atropina na dose de 0,04 mg/kg pela via subcutânea intercostal. Em GIII será empregado o mesmo tratamento de GII só que os animais receberão a quetamina na dose de 15 mg/kg pela via intramuscular logo após a aplicação da dexmedetomidina. Serão avaliados os períodos de latência, prostração e recuperação, além dos parâmetros fisiológicos respiratórios e oxicapnométricos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)