Busca avançada
Ano de início
Entree

Grupo de hipertensão experimental - campus da Universidade de São Paulo de Ribeirão Preto

Processo: 95/04685-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Temático
Vigência: 01 de junho de 1996 - 30 de setembro de 2000
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Maria Cristina de Oliveira Salgado
Beneficiário:Maria Cristina de Oliveira Salgado
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Auxílios(s) vinculado(s):00/06163-9 - Pressure response to bilateral carotid occlusion in conscious chronic diabetic rats: effect of insulin therapy., AR.EXT
00/01564-5 - 1) involvement of paraventricular nucleus of hypothalamus and parabrachial nucleus in the cardiovascular responses of chemoreflex in awake rats. 2)evaluation of the gain of the baroreflex after..., AR.EXT
00/01585-2 - 1) effects of voltage-gated ca channels activation and inhibition in aortas from 2k-1c hypertensive rats. 2) relaxing effect to atrial natriuretic peptide in tail arteries pre-contracted with endothelin.., AR.EXT
+ mais auxílios vinculados 99/02015-6 - Nae J. Dun | East Tennessee State University - Estados Unidos, AV.EXT
98/04249-1 - Kenneth Michael Spyer | Royal Free Hospital - Inglaterra, AV.EXT
97/03632-3 - Hemodynamic responses to eletrical stimulation of the aortic depressor nerve and chemoreflex activation with potassium cyanide in unanesthetized rats., AR.EXT
97/03368-4 - Steven Wayne Mifflin | University of Texas - Estados Unidos, AV.EXT
97/00004-1 - 1) nitric oxide is involved in the blunted sympathetic vasoconstriction of rat mesenteric arteries in pregnancy., AR.EXT
96/06863-3 - Mark W. Chapleau | University of Iowa College of Medicine - Estados Unidos, AV.EXT - menos auxílios vinculados
Bolsa(s) vinculada(s):00/07255-4 - Contribuicao da elastase-2 conversora de angiotensina "i" na geracao de angiotensina "ii" em vasos de resistencia do rato., BP.IC
00/01165-3 - Avaliação da participação dos receptores NMDA e não-NMDA do núcleo paraventricular do hipotálamo nas respostas cardiovasculares do quimiorreflexo em ratos não-anestesiados, BP.IC
99/10140-5 - Estudo dos efeitos de óxido nítrico e da inibição crônica da enzima NO-sintase sobre a mobilização de cálcio em aorta isolada de ratos, BP.DR
+ mais bolsas vinculadas 99/07890-2 - Resposta hipertensora a oclusao bilateral da carotida e a tiramina endovenosa, em ratos acordados com diabetes experimental., BP.MS
99/05534-4 - Avaliacao da possivel participacao dos receptores da glicina na modulacao da via simpatoexcitatoria do quimiorreflexo em ratos nao-anestesiados., BP.IC
99/05535-0 - Estudo dos mecanismos envolvidos na resposta pressora provocada pela estimulacao de receptores 5-ht3 no nucleo do trato solitario de ratos nao-anestesiados., BP.IC
98/15955-4 - Estudos dos fatores endoteliais e mecanismos de relaxamento na artéria carótida de ratos hipertensos renais 2R-1C, BP.DR
98/05727-4 - Avaliacao do possivel envolvimento dos receptores metabotropicos na neurotransmissao do barorreflexo no nucleo do trato solitario de ratos nao anestesiados., BP.MS
98/06049-0 - Avaliacao da possivel participacao da substancia cinzenta periaquedutal na resposta simpato-excitatoria promovida pela ativacao do quimiorreflexo em ratos nao-anestesiados., BP.IC
98/02824-9 - Avaliação eletrofisiológica de diferentes sub-populações de neurônios do NTS em resposta a ativação e bloqueio dos receptores de aminoácidos excitatórios, BE.PQ
97/07091-7 - Efeitos da endotelina-1, sobre a concentracao de calcio intracelular e contracao da arteria caudal de ratos hipertensos renais 2r-1c., BP.DR
97/09535-0 - Função e adaptação dos barorreceptores as variações da pressão arterial em ratos cronicamente simpatectomizados, BP.MS
97/01814-7 - Avaliação da possível participação da adenosina e do ATP como neurotransmissores/neuromoduladores do componente simpato-excitatório do quimiorreflexo no NTS de ratos não anestesiados, BP.DR
97/06850-1 - Estudo da concentração intracelular de Ca2+ nos processos de contração e relaxamento em aorta de ratos hipertensos renais 2R-1C, BP.DR
97/04535-1 - Avaliacao da possivel participacao do hipotalamo lateral na resposta pressora a ativacao do quimirreflexo no rato-anestesiado., BP.IC
96/05397-9 - Papel do oxido nitrico e das prostaglandinas na funcao barorreceptora em alteracoes agudas e cronicas da pressao arterial., BP.DR
96/06173-7 - Reatividade vascular em ratas durante a gravidez., BP.IC - menos bolsas vinculadas
Assunto(s):Doenças vasculares  Hipertensão  Doença de Chagas 

Resumo

Os estudos dos mecanismos neuro-humorais envolvidos no controle cardiocirculatório e na fisiopatogenia da hipertensão, propostos neste projeto temático de equipe, serão abordados por meio de técnicas in vivo, como também in vitro e métodos bioquímicos. A experiência do grupo em registro eletroneuronográfico da atividade dos barorreceptores aórticos e em estudos hemodinâmicos e de regulação reflexa da freqüência cardíaca e pressão arterial, será, agora (anexo I), aplicada em dois modelos experimentais de neuropatia periférica, a saber, diabete causada pela administração de estreptozotocina e modelo de doença de chagas causado pela inoculação da cepa y do T. cruzi. Serão estudados nestes modelos, no rato, a função barorreceptora e sua adaptação rápida aos níveis de hipertensão induzidos pela coarctação da aorta. Também será investigada nestes modelos a adaptação do reflexo de regulação da pressão arterial e freqüência cardíaca, como um todo, aos níveis de hipertensão. No modelo de doenças de chagas no rato serão estudados, também, aspectos hemodinâmicos das fases agudas e crônicas da inoculação e ainda as alterações histológicas (morfológicas e morfométricas) dos barorreceptores aórticos. Um outro aspecto importante da sinalização aferente ao SNC, para a modulação da regulação cardio-circulatória, é o estudo da neurotransmissão das aferências de receptores periféricos (presso e quimioreceptores) nas estruturas bulbares que compõem o arco reflexo (anexo II). Pretende-se estudar os mecanismos envolvidos na neurotransmissão no NTS dos componentes simpato-inibitórios do barorreflexo e simpato-exitatórios do quimiorreflexo, em ratos não anestesiados. Especificamente, pretende-se: 1) caracterizar o componente simpato-inibitório ativado pela estimulação elétrica das aferências dos barorreceptores aórticos e pela micro injeção de L-glutamato no NTS comissural lateral; 2) avaliar a participação dos receptores de aminoácidos excitatórios (AAE) na neurotransmissão do componente simpato-inibitório do barorreflexo, bem como os subtipos de receptores de AAE envolvidos; 3) avaliar se o componente cárdiovagal do quimiorreflexo apresenta características de neurotransmissão e subtipos de receptores similares ao componente cárdiovagal do barorreflexo; 4) avaliar o papel dos diferentes subtipos de receptores serotoninérgicos, especialmente os do subtipo 5-HT3, na neuromodulação dos componentes cárdiovagal excitatório do barorreflexo e do componente cárdiovagal excitatório e simpato-excitatório do quimiorreflexo. Os estudos de regulação cárdio-circulatória e dos modelos de hipertensão arterial envolvem, também, fatores humorais, que controlam significativamente a pressão arterial, através do controle do débito cardíaco e resistência periférica. Será avaliada a participação das cininas endógenas, potente peptídeo vasodilatador e natriurético, no controle cardio-circulatório em ratos normotensos e com hipertensão renal crônica tipo um-rim, um clip (anexo III). Para tanto, será investigado o mecanismo da ação vasodilatadora da bradicinina, tanto in vitro (vasos de resistência) como in vivo (pressão arterial). Também será analisada a importância das cininas endógenas sobre a função excretória renal por meio do uso de inibidores específicos. A contribuição das diferentes cininases, in vivo e in vitro, também será avaliada. Como fatores neuro-humorais exercem um importante controle do grau de contração da musculatura lisa vascular, com repercussão direta no grau de resistência periférica, serão realizados experimentos visando identificar a participação dos diferentes fatores nas condições de reatividade pressórica alterada, como gravidez e modelos de hipertensão arterial (anexo IV). Partes das pesquisas da equipe estarão concentradas no estudo dos mecanismos celulares determinantes da reatividade vascular. Estes estudos empregarão modelos in vitro que incluem leitos vasculares isolados e perfundidos, segmentos arteriais isolados e células musculares isoladas. Os experimentos propostos visam elucidar os mecanismos iônicos envolvidos na resposta contrátil do músculo liso vascular a agonistas adrenérgicos ou peptidérgicos, assim como identificar possíveis alterações nos mesmos, associadas à diminuição da reatividade vascular que ocorre na gravidez normal da rata ou a alteração da reatividade a agonistas adrenérgicos que ocorre em modelos de hipertensão renal (1R, 1K). Especificamente, serão caracterizados quantitativamente os canais para cálcio voltagem dependentes, os canais de potássio e os fluxos iônicos transmembrana de cálcio, assim como as modificações da concentração intracelular de hidrogênio. Embora parte destes experimentos empreguem metodologias clássicas em farmacologia e fisiologia, é interesse do grupo implementar, também, técnicas mais modernas que permitam a análise direta dos fluxos iônicos em células de músculo liso vascular (anexo V) e a localização e quantificação dos canais de cálcio e potássio. Finalmente, esta série de experimentos pretende esclarecer a participação do endotélio nas alterações da reatividade vascular que ocorrem na gravidez e no modelo de hipertensão 1R, 1K e quais os mecanismos envolvidos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)