Busca avançada
Ano de início
Entree

Composição florística, estrutura fitossociológica e caracterização sucessional da Mata Virgínia, município de Matão (SP)

Resumo

O presente projeto se refere a uma dissertação de mestrado junto a Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e trata da realização de um estudo florístico-fitossociológico associado a caracterização sucessional da Mata da Virgínia, uma floresta mesófila semidecídua localizada entre as coordenadas geográficas 48°30' e 48°35' sul, 21°35' e 21°40' oeste, no município de Matão, na região central do Estado de São Paulo. A Mata da Virgínia possui 2.072 ha de área contínua que não tem sofrido perturbações antrópicas há cerca de 40 anos, caracterizando-se como uma formação secundária em avançado grau de regeneração. Encontra-se assentada sobre o Arenito de Bauru, a maior região geomorfológica do Estado, onde os dados acerca deste tipo de formação florestal são bastante escassos. Também será feita a caracterização edáfica e topográfica das áreas amostradas para o estudo da vegetação, com o objetivo de identificar possíveis correlações entre as variações florísticas e estruturais da vegetação com aqueles fatores abióticos mencionados. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)