Busca avançada
Ano de início
Entree

EMU concedido no processo 2022/03247-6: espectrofotômetro infravermelho por transformada de Fourier (FTIR)

Resumo

A proposta deste projeto é investigar as potencialidades de vidros bioativos contendo nióbio (BGNb), na forma de nanopartículas mesoporosas como agentes promotores da bioatividade, no contexto da engenharia de tecidos ósseos. A estratégia é combinar e explorar as vantagens de sistemas em dimensões nanométricas, e a habilidade intrínseca dos vidros bioativos na entrega controlada de espécies com importância biológica que estimulam/aceleram os processos de biomineralização, relacionados à regeneração óssea. A motivação é a demanda urgente por alternativas mais eficazes na abordagem de lesões ósseas causadas por traumas ou doenças. Para avaliar as potencialidades das nanopartículas mesoporosas de BGNb, foi proposto um conjunto de estudos robustos, organizados em quatro planos de pesquisa: i) Montagem e caracterização de scaffolds vítreos; ii) Pasta injetável bioativa multifuncional; iii) Membranas de barreira híbrida em bicamada para regeneração óssea guiada; iv) Biotintas híbridas para bioimpressão de construtos funcionais para a engenharia de tecido ósseo. Em todos esses estudos, busca-se explorar as aplicações das nanopartículas mesoporosas de vidros bioativos contendo nióbio (MBGNb) na engenharia de tecidos, e responder questões proeminentes relacionadas à efetividade das nanopartículas vítreas na terapia iônica e na biomineralização. A proposta é definida para responder a questões prementes em várias áreas do conhecimento e está fortemente ligada à pesquisa em bioengenharia, com atenção especial no desenvolvimento de biomateriais e na engenharia de tecido ósseo. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)