Busca avançada
Ano de início
Entree

Processamento no estado semissólido de novos materiais Al-Ti-(Zn-Cu-Mg). Propriedades mecânicas, resistência ao desgaste e à corrosão

Processo: 23/09182-6
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Internacional
Vigência: 01 de fevereiro de 2024 - 31 de janeiro de 2025
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Metalurgia Física
Pesquisador responsável:Eugênio José Zoqui
Beneficiário:Eugênio José Zoqui
Pesquisador visitante: Hipolito Domingo Carvajal Fals
Inst. do pesquisador visitante: Universidad de Oriente, Cuba
Instituição Sede: Faculdade de Engenharia Mecânica (FEM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Ligas de alumínio  Microestruturas  Propriedades mecânicas  Reofundição  Reologia  Tixoconformação  Fundição 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Ligas de alumínio | microestrutura | Propriedades mecânicas | Reofundição | Reologia | tixoconformação | Fundição

Resumo

No presente projeto de pesquisa pretende-se estudar o processamento no estado semissólido de novos materiais (Al-Ti-(Zn-Cu-Mg), assim como as propriedades mecânicas, resistência ao desgaste e à corrosão. As Ligas projetadas com o auxílio de ferramentas computacionais (Calphad) serão obtidas em fornos elétricos resistivos de 9,6 e 12kW de potência. Posteriormente serão processadas no estado semissólido via: Reofundição utilizando a técnicas GISS, (Gas Induced Semi-Solid), e, para a Tixoconformação a técnica EMS (Electromagnetic Stirring). A caracterização reológica será realizada via reômetro do tipo Searle para altas temperaturas. As ligas serão injetadas em máquina de injeção sob pressão Delta T40 (adquirida em projeto Processo Fapesp 2018/11802-4), após a preparação da massa semissólida. Serão determinadas as propriedades mecânicas (dureza e resistência à tração) e realizada a caracterização microestrutural através de ensaios metalográficos (microscopia ótica e eletrônica de varredura) e de difração de raios X (DRX). Será determinada a porosidade residual, o tamanho médio do grão e a presença e morfologia de micro precipitados. O coeficiente de atrito das ligas antes e após o processamento em estado semissólido, será avaliado mediante ensaios de pino sobre disco em amostras polidas usando uma esfera de alumina como contrapartida com um diâmetro de 6 mm, 10 cm/s de linear e velocidade com uma força normal de 10 N. Os ensaios de corrosão serão realizados através da técnica de medições de polarização potenciodinâmica e impedância, seguindo as normas ASTM G59-97 e G102-89. Amostras com área de 1,0 cm2 da superfície antes e após processamento serão selecionadas e avaliadas em uma em uma solução de NaCl a 3,5% em peso. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)