Busca avançada
Ano de início
Entree

Imobilização de endoglucanases e xilanases em suportes magnéticos: avaliação do potencial de hidrólise de subprodutos agroindustriais em oligossacarídeos

Processo: 21/07058-0
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2023 - 31 de outubro de 2025
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Química - Processos Industriais de Engenharia Química
Pesquisador responsável:Fernando Masarin
Beneficiário:Fernando Masarin
Instituição Sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCFAR). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Pesquisadores associados: Avelino Corma Canos ; João Renato Carvalho Muniz ; Michel Brienzo
Assunto(s):Hidrólise enzimática  Conversão de biomassa  Endo-1,4-beta-xilanases  Imobilização de enzimas  Oligossacarídeos  Indústria agrícola 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Fracionamento de subprodutos agroindustriais | Hidrólise enzimática | imobilização de enzimas em suportes magnéticos | Produção de oligossacarídeos | Hidrólise enzimática e conversão de biomassa

Resumo

Os principais subprodutos do processamento da cana-de-açúcar e de cultura de banana são o bagaço de cana-de-açúcar (BCA) e o pseudocaule de bananeira (PCB). Atualmente devido ao aumento da produção de cana-de-açúcar nos últimos anos grandes volumes de BCA vêm se acumulando no pátio das usinas sucroalcooleiras. A cada tonelada de bananas produzidas são geradas 3 toneladas de PCB, o qual é abandonado no solo, se acumulando e decompondo-se em sulfeto de hidrogênio e amônia. Estas situações justificam-se o apelo à utilização destes subprodutos para a produção de bioprodutos de maior valor agregado. Neste contexto, uma alternativa é a utilização do BCA e do PCB para a produção de alimentos funcionais que são vistos como promotores de saúde, sendo o seu uso associado à melhora do sistema trato-gastrointestinal, além da redução do risco de desenvolvimento de doenças crônicas degenerativas e não-transmissíveis. Dentre eles destacam-se os xilo-oligossacarídeos (XOS) e os celo-oligossacarídeos (COS), que podem ser obtidos a partir da hidrólise enzimática de fontes renováveis com alta disponibilidade e de baixo custo, como o BCA e o PCB. Entretanto, o uso de enzimas em grandes quantidades pode ser limitado dependendo de seu custo, portanto para superar essas limitações, a imobilização de enzimas surge como uma técnica promissora com grande potencial. Desta forma, o presente projeto propõe à avaliação de imobilização de endoglucanases e xilanases em suportes de alta área superficial, com características magnéticas e com potencial de reutilização em processos de hidrólise de celulose e xilana de BCA e PCB visando a produção de COS e XOS. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)