Busca avançada
Ano de início
Entree

Síntese, caracterização e estudo de solubilidade de novas formas cristalinas de agentes neoplásicos

Processo: 23/01502-1
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2023 - 30 de junho de 2025
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física da Matéria Condensada
Convênio/Acordo: CNPq
Pesquisador responsável:Fabio Furlan Ferreira
Beneficiário:Fabio Furlan Ferreira
Instituição Sede: Centro de Ciências Naturais e Humanas (CCNH). Universidade Federal do ABC (UFABC). Ministério da Educação (Brasil). Santo André , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:21/03640-7 - Síntese e investigação de novas formas cristalinas de agentes antineoplásicos, AP.R
Bolsa(s) vinculada(s):23/14132-8 - Síntese, caracterização e estudo de solubilidade de novas formas cristalinas de agentes antineoplásicos, BP.JD
Assunto(s):Polímeros  Óxidos  Fármacos  Cristalografia  Difração por raios X 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Cristalografia | Difração de Raios X | fármacos | Cristalografia

Resumo

Neoplasias têm sido a principal causa de grande parte dos óbitos registrados anualmente ao redor do mundo. Cientistas empenham-se em pesquisas visando a melhoria contínua no tratamento dos mais diversos tipos de câncer. Sendo assim, o principal objetivo deste projeto é otimizar o desempenho do candidato a fármaco LASSBio-1735, tanto pelo desenvolvimento de novas formas cristalinas quanto pela liberação controlada do mesmo. A estrutura cristalina do LASSBio-1735 - um derivado da N-acil- hidrazona que exibiu atividade antiproliferativa in vitro contra o HL-60 (leucemia humana), SF-295 (glioblastoma humano), MDA-MB435 células tumorais (melanoma) e HCT-8 (adenocarcinoma ileocecal) - que foi determinada por nosso grupo de pesquisa, será a base para a síntese e investigação das propriedades físico-químicas das novas formas cristalinas (sais, hidratos, solvatos e/ou co-cristais). É de suma importância o estudo da interação das novas formas cristalina obtidas com o sistema biológico; para tanto, será avaliada a viabilidade celular por MTT em linhagens celulares neoplásicas em comparação com linhagens celulares saudáveis, bem como a avaliação da atividade hemolítica. Já a avaliação da ação antineoplásica será realizada com base na relação entre a expressão gênica dos marcadores inflamatórios e o estresse oxidativo, o crescimento do tumor e a avaliação da toxicidade. Para isso, serão utilizados camundongos Balb/c, inoculados com células tumorais de Ehrlich. Esses animais serão tratados em diferentes períodos e grupos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)