Busca avançada
Ano de início
Entree

Edição genética em neuroblastoma por CRISPR/Cas9 para validação de alvo envolvido na dor e inflamação

Processo: 23/01532-8
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2023 - 30 de junho de 2025
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Convênio/Acordo: CNPq
Pesquisador responsável:Ana Marisa Chudzinski-Tavassi
Beneficiário:Ana Marisa Chudzinski-Tavassi
Instituição Sede: Instituto Butantan. Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:20/13139-0 - Centro de Excelência na Descoberta de Novos Alvos, AP.PCPE
Bolsa(s) vinculada(s):23/10975-0 - Edição genética em neuroblastoma por CRISPR/Cas9 para validação de alvo envolvido na dor e inflamação, BP.JD
Assunto(s):Terapia de alvo molecular  Proteína 9 associada à CRISPR  Repetições palindrômicas curtas agrupadas e regularmente espaçadas  Dor nociceptiva  Neurônios  Peptídeos  Venenos  Neuroblastoma  CRISPR-Cas9  Inflamação 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Cas9 | Crispr | dor nociceptiva | neurônios | peptídeos | Validação de alvos moleculares | venenos | Alvos moleculares

Resumo

A dor é um problema mundial. A identificação e validação de alvos que afetam a dor são fundamentais para o desenvolvimento de intervenções mais eficazes e seguras. Os venenos são ricos em compostos bioativos e podem ser ferramentas valiosas para explorar novos alvos moleculares. Para estudos de dor, caracterizamos um modelo para avaliar o efeito anti-nociceptivo de compostos em neurônios sensoriais humanos derivados de células SH-SY5Y, utilizando uma matriz extracelular glicada (ECM-GC) como estímulo. Os peptídeos derivados do veneno, E8, D3, P4 e C-ambly induzem fenótipo anti-nociceptivo em neurônios, diminuindo a liberação de substância P e aumentando a liberação da ²-endorfina. Uma análise de quimioproteômica e bioinformática nos levou a identificar possíveis alvos específicos de peptídeos que participam da inibição da dor e da inflamação, e esses alvos promissores serão validados nesse modelo. OBJETIVOS: Validar alvos terapêuticos envolvidos na dor e inflamação por meio do nocaute genético. MÉTODOS: O nocaute dos genes alvos será realizado na linhagem celular SH-SY5Y utilizando CRISPR/Cas9. O impacto funcional de genes deletados será investigado usando abordagens de biologia molecular e celular. RESULTADOS ESPERADOS: Esperamos observar como os alvos contribuem para a dor e resposta inflamatória das células e sua relevância para a ação dos peptídeos anti-nociceptivos/anti-inflamatórios, o que potencialmente revelará um novo peptídeo alvo específico para ser utilizado no controle da dor e da inflamação. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)