Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento e aplicação de um primer polimérico contendo TiF4 para clareamento dental de consultório associado a irradiação com LED violeta

Processo: 23/02780-5
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de agosto de 2023 - 31 de julho de 2025
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Materiais Odontológicos
Pesquisador responsável:Carlos Alberto de Souza Costa
Beneficiário:Carlos Alberto de Souza Costa
Instituição Sede: Faculdade de Odontologia (FOAr). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Clareamento de dente  Estética  Dentística 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:células pulpares | clareamento dental | estética | Dentística

Resumo

O principal objetivo do presente estudo é desenvolver um primer polimérico (PP) inovador contendo diferentes concentrações do agente catalisador tetrafluoreto de titânio (TiF4), o qual poderá ser empregado no clareamento dental de consultório, visando aumentar a eficácia estética, prevenir alterações morfológicas no esmalte dentário e reduzir a citotoxicidade da terapia. Para isso, discos de esmalte/dentina serão manchados e então submetidos ao clareamento por 45 minutos (1 sessão) com um gel clareador contendo 35% de H2O2. O gel será aplicado sobre o esmalte previamente revestido com o PP contendo diferentes concentrações de TiF4 (2 mg/mL, 6 mg/mL ou 10 mg/mL). Como controle positivo, o mesmo gel será aplicado diretamente sobre o esmalte, sendo que no controle negativo nenhum tratamento será realizado. Na FASE 1 do projeto, a melhor concentração do TiF4 presente no PP será determinada por meio do screening da eficácia clareadora, utilizando para isso um espectrofotômetro de reflexão-UV (Sistema CIE L*a*b*). Então, os mesmos tratamentos serão realizados para avaliar a microdureza e possível alteração morfológica do esmalte dentário (Microscopia Eletrônica de Varredura e Espectrometria Dispersiva de Energia). Na FASE 2 do projeto, será avaliada a citotoxicidade trans-amelodentinária das terapias clareadoras, empregando para isso o protocolo onde discos de esmalte/dentina padronizados são adaptados em câmaras pulpares artificiais. Após concluir as terapias, os extratos (meio de cultura + componentes da difusão dos géis clareadores) serão obtidos e aplicados sobre células odontoblatóides MDPC-23, as quais serão avaliadas quanto a viabilidade (MTT) e morfologia (MEV). A quantidade de H2O2 difundido pelos discos também será determinada (Violeta leuco-cristal/Peroxidase). Na FASE 3 do projeto, a taxa de degradação do H2O2 e a produção de radicais hidroxila (OH*) serão determinadas. Em seguida, o gel clareador que promoveu os melhores resultados será submetido à irradiação (fotocatálise) com LED violeta e os testes de eficácia clareadora, alterações estruturais do esmalte e citotoxicidade serão realizados, tal como descrito anteriormente. Na FASE 4 do projeto, as melhores terapias clareadoras obtidas nas fases anteriores (2 e 3) serão avaliadas (imediata e após 7 dias) quanto a expressão gênica dos seguintes marcadores para células da polpa dental humana (hDPC): TNF; PTGS2; ILB, IL6, IL8, IL17A, IL23A; HMOX1; BGLAP, SPP1, ALPL; DSPP; e DMP1. Os dados numéricos obtidos serão submetidos à análise estatística específica. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)