Busca avançada
Ano de início
Entree

Melhoramento de batatas diploides: uma nova proposta para a bataticultura tropical no Brasil

Processo: 22/03224-6
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Projeto Inicial
Vigência: 01 de fevereiro de 2023 - 31 de janeiro de 2028
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Pesquisador responsável:Fernando Angelo Piotto
Beneficiário:Fernando Angelo Piotto
Instituição Sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):23/02478-7 - Obtenção e caracterização de progênies de batata diploide para tolerância ao calor., BP.DR
23/02479-3 - Fenotipagem, diversidade genética e mapeamento associativo em batata para caracteres de tolerância ao calor, BP.DR
Assunto(s):Melhoramento genético  Batata  Bataticultura  Fenotipagem de plantas  Solanum tuberosum  Termotolerância  Brasil 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Di-haploides | fenotipagem de alto rendimento | Solanum tuberosum L | Tolerância ao calor | Melhoramento Genético

Resumo

A batata (Solanum tuberosum L.) é a terceira espécie vegetal alimentícia mais importante do mundo, apresentando como característica genética a tetraploidia (2n = 4x = 48), auto-incompatibilidade gametofítica e propagação vegetativa a partir de tubérculos. Neste sentido, o processo de obtenção, avaliação, seleção e recombinação de progênies para o desenvolvimento de novas cultivares é bastante dificultado por essas características. No Brasil, mais de 90% das cultivares de batata cultivadas em solo Nacional são provenientes de outros países, possuindo maior adaptação ao cultivo em condições de clima mais frio. Em nosso país, não há motivação do setor privado para estudos e desenvolvimento de novas cultivares de batata que sejam adaptadas às condições de cultivo em clima tropical e sub-tropical. Tal abordagem só tem condições de prosperar no momento, mediante esforço do setor público. Apesar de diversas adaptações nos métodos de seleção e melhoramento da cultura, o desenvolvimento de novas cultivares de batata tetraploide pode levar até 12 anos, sendo caro e oneroso. Por esse motivo, nossa proposta é desenvolver uma estratégia inédita para o melhoramento de batata para cultivo em condições de clima tropical no Brasil, visando principalmente a tolerância ao calor, por meio da criação de um programa de melhoramento de batatas diploides, para viabilizar sua propagação e cultivo a partir de sementes botânicas, tornando nosso grupo de pesquisa pioneiro no desenvolvimento de novas cultivares de batatas diploides no Brasil. Assim, o objetivo desse projeto é obter e caracterizar plantas diploides (ou di-haploides) de batata, a partir de cruzamentos com clones tetraploides tolerantes ao calor, selecionados por meio de experimentos realizados em diferentes épocas. Para tanto, nosso painel de acessos de batata será caracterizado fenotipicamente para tolerância ao calor (no início e final do ciclo cultural) e para outras características, e também genotipado para a realização de estudos de diversidade, estrutura genética e também mapeamento por associação para diversas características. Com base nestes dados, serão selecionados os melhores clones para obtenção de plantas diploides, via di-haploidia, e consolidação dos estudos e início de um programa inédito de melhoramento de batatas diploides no Brasil. Tal abordagem é inovadora e deve proporcionar a consolidação de uma linha de pesquisa na Universidade de São Paulo, gerando resultados inovadores em termos científicos, mas também em termos práticos, podendo gerar impactos altamente relevantes para a cadeia produtiva da batata Nacional, em médio e longo prazos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)