Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de nanoformulação com ativos da biodiversidade brasileira para controle de fitopatógenos na fruticultura

Processo: 22/02286-8
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de maio de 2023 - 31 de janeiro de 2024
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica - Botânica Aplicada
Pesquisador responsável:Erika Mattos Stein
Beneficiário:Erika Mattos Stein
Empresa Sede:Prospecta - Pesquisa e Desenvolvimento de Bioinsumos Ltda
CNAE: Pesquisa e desenvolvimento experimental em ciências físicas e naturais
Atividades profissionais, científicas e técnicas não especificadas anteriormente
Município: São Paulo
Bolsa(s) vinculada(s):23/08598-4 - Desenvolvimento de nanoformulação com óleo essencial de Piper aduncum L. (Piperaceae) para controle da antracnose do mamão (Carica papaya L.), BP.TT
23/05141-3 - Desenvolvimento de nanoformulação com ativos da biodiversidade brasileira para controle de fitopatógenos na fruticultura, BP.PIPE
23/05146-5 - Potencial do óleo essencial de Piper aduncum L. (Piperaceae) no controle preventivo e curativo da antracnose do mamão (Carica papaya L.), BP.TT
Assunto(s):Óleos essenciais  Sistemas nanoestruturados  Nanoformulações  Biodiversidade  Fitopatógenos  Fruticultura 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:óleos essenciais | Sistemas nanoestruturados | Botânica Agrícola

Resumo

O mamoeiro (Carica papaya L.) é uma das frutíferas mais cultivadas e consumidas no mundo, produzindo fruta de grande aceitação popular, sendo altamente valorizada por seu potencial nutracêutico, além de apresentar polpa macia, rica em açúcares solúveis e sabor agradável, sendo, portanto, muito procurada pelos mercados brasileiros e internacionais. Apesar da elevada produção nacional (1.161.808 t/ano), por ser um fruto climatérico, a vida pós-colheita é curta e, durante o amadurecimento, os frutos se tornam altamente suscetíveis às infecções por patógenos, acarretando em alta depreciação de mercado. Dentre as doenças mais comuns e importantes da cultura está a antracnose causada pelo fungo Colletotrichum sp.. Sabendo-se que, o maior percentual das perdas na produção do mamão ocorre por razões bióticas (os fitopatógenos são responsáveis por 80-90%), e que estas perdas chegam a 30% da produção, é que este projeto foi pensado. O método mais comumente empregado no manejo de doenças é a aplicação de fungicidas sintéticos, cuja prática pode ocasionar danos à saúde do consumidor, do aplicador e ao meio ambiente, sem considerar ainda o fato do aumento de indivíduos resistentes na população dos fitopatógenos expostos aos produtos frequentemente utilizados. Estes aspectos têm aumentado a demanda por novas alternativas de controle. Assim, o projeto tem o objetivo de desenvolver uma formulação nanotecnológica à base de bioativo natural oriundo da diversidade brasileira para prevenir e controlar o fungo Colletotrichum sp., fitopatógeno de grande impacto na cultura do mamoeiro. Para tal, será realizada a nanoencapsulação do óleo essencial de Piper aduncum com diferentes matrizes (sílica mesoporosa, quitosana e alginato), de forma a obter a melhor composição para uma calda de aplicação, com maior eficiência de atividade sem alterar a qualidade do produto. Redução de custos na cadeia produtiva, redução do impacto ambiental, da exposição do aplicador, proporcionar mais qualidade ao consumidor, opção eficiente aos produtores orgânicos são os grandes pilares da proposta. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)