Busca avançada
Ano de início
Entree

Cosmologia com sirenes padrões

Processo: 22/13943-0
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2023 - 28 de fevereiro de 2025
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Astronomia - Astrofísica Extragaláctica
Convênio/Acordo: Universidad de Antioquia (UdeA)
Proposta de Mobilidade: SPRINT - Projetos de pesquisa - Mobilidade
Pesquisador responsável:Riccardo Sturani
Beneficiário:Riccardo Sturani
Pesq. responsável no exterior: Antonio Enea Romano
Instituição no exterior: Universidad de Antioquia (UdeA), Colômbia
Instituição Sede: Instituto de Física Teórica (IFT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:22/06350-2 - Física fundamental e LIGO, AP.TEM
Assunto(s):Cosmologia (astronomia)  Astronomia de onda gravitacional  Ondas gravitacionais  Lei de Hubble 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:cosmologia | Lei de Hubble | Ondas gravitacionais | Gravitational Astronomy

Resumo

As ondas gravitacionais são ondulações do espaço-tempo, produzidas pelo movimento acelerado de objetos astrofísicos massivos ou porfontes cosmológicas, e eles foram observados pela primeira vez pelo Advanced LaserInterferometric Gravitational Observer (LIGO) em setembro de 2015, quandoo sinal de buracos negros coalescentes foram detectados, confirmando aprevisões da Relatividade Geral (GR). Desde então, durante a observação1, 2 e 3 que se estenderam em geral cerca de 2 anos, um total geral de 90eventos de fusão binária foram detectados, incluindo um evento espetacularenvolvendo duas estrelas de nêutrons em fusão, que também desencadearam a deteçãoem todo o espectro eletromagnético. A próxima corrida de observação O4 éplanejado para começar em meados do ano de 2023 e deve durar maisdo que um ano. A Universidade de Antioquia é membro do LIGO Scientific Collaboração (LSC) através do grupo do Prof. Romano, e este projetodesenvolver dentro do subgrupo Cosmology do LSC Compact BinaryGrupo de coalescência (CBC). No campo da física das ondas gravitacionais,visamos explorar coalescêcias binárias compactas como sirenes padrão, quepode fornecer medições de distância de luminosidade independente deobservações magnéticas, permitindo reconstruir a história da expansão cósmicado Universo em redshift moderado (z r 2). (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)