Busca avançada
Ano de início
Entree

Impacto da intervenção com curcuma longa sobre o glicocálix endotelial e a avaliação da interação com vias oxidativas/inflamatórias e microRNAs exossômicos: estabelecimento da importância da fitoterapia como prática integrativa no tratamento do DM tipo 2

Processo: 22/09352-6
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2022 - 30 de novembro de 2024
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Epidemiologia
Pesquisador responsável:Maria Do Carmo Pinho Franco
Beneficiário:Maria Do Carmo Pinho Franco
Instituição Sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Fitoterapia  Diabetes mellitus tipo 2  Estresse oxidativo  Inflamação  Curcuma  Glicocálix  MicroRNAs  Terapêutica 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Curcuma longa | Estresse oxidativo | glicocálix endotelial | Inflamação | intervenção | miRNAs Exossômicos | Fitoterapia e/ou Diabetes Mellitus tipo 2

Resumo

O Diabetes Mellitus (DM) é uma condição crônica que se caracteriza pela hiperglicemia constante, com impacto importante na saúde e qualidade de vida das pessoas que convivem com ela, levando a aumento de risco cardiovascular, perda de função renal, neuropatia diabética e amputações. O Brasil é o quinto país do mundo com maior índice de diabéticos, com expectativa de 26 milhões de pessoas, com faixa etária entre 20 e 75 anos, em 2045. Apesar da maior compreensão e manejo do DM do tipo 2 (DM2), as complicações associadas a essa patologia continuam inabaláveis, levando a morbidade e mortalidade significativas. É sabido que indivíduos com DM2 maior risco de desenvolver complicações micro e macrovasculares, sendo o endotélio vascular o grande orquestrador dessas complicações. O estudo de alternativas terapêuticas coadjuvantes aos tratamentos tradicionais deve ser melhor investigada e as pesquisas com plantas medicinais e fitoterápicos são incentivadas pela Política e Programa Nacional de Plantas Medicinais e Fitoterápicos em âmbito nacional. Uma das espécies promissoras na área é a Curcuma Longa conhecida como açafrão da terra ou cúrcuma. Trata-se de uma planta amplamente difundida no território nacional, de uso mundial reconhecido e já com bons indícios de seus benefícios na saúde. Conforme o exposto justifica-se a presente proposta de pesquisa que tem por objetivo avaliar o papel da Curcuma longa como agente modulador do estresse oxidativo, resposta inflamatória e de miRNAs em indivíduos com DM2 sobre o dano do glicocálix endotelial investigando o envolvimento seu envolvimento na ativação do fator de transcrição Nrf2 e da SIRT-1, inativação da via Trx/TXNIP e das MMPs, inibição da via do NF-ºB e do inflamassoma NLRP3 e modulação de miRNAs isolados dos exossomas circulantes. Espera-se encontrar com esse estudo clínico randomizado triplo-cego controlado por placebo um impacto positivo e de relevância significativa no grupo intervenção frente ao grupo placebo em todos os parâmetros analisados, com elevada adesão e poucos relatos de eventos adversos, de forma a contribuir para o conhecimento do impacto clínico da Curcuma Longa no DM2, mostrando que essa intervenção pode ser segura e eficaz neste grupo de pacientes sendo economicamente viável. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)